Quick News

BOTTO AutoGear Banner

Vinícius Papareli encerrou temporada 2012 conquistando o vice na Copa São Paulo Light


| 9 anos atrás | Por:

Balanço positivo no ano contabiliza três vices e muito aprendizado

Assim como a maioria dos kartistas brasileiros, o piloto Vinícius Papareli (Unicerta | Academia Postural | TCM Pilates) encerrou no último final de semana sua temporada 2013. Os últimos compromissos do paulista – campeão brasileiro de 2011 – foram pela final da Copa São Paulo Light e pelo Grande Prêmio RBC, disputados no Kartódromo Ayrton Senna, em Interlagos, zona sul da capital.

No sábado, quando foi disputada a última rodada dupla do Light, Papareli obteve o 5º lugar no grid de largada e, com dois terceiros lugares nas baterias, conquistou o vice-campeonato na categoria Júnior. “Na largada da primeira bateria eu fiquei ‘travado’, porque minha fila não andou. Perdi várias posições, mas me recuperei bem, mesmo tendo tomado um toque que quase me fez sair da corrida. Depois consegui largar bem na segunda e fiz boas disputas”, analisou Papareli.

No dia seguinte, o domingo, Papareli participou do Grande Prêmio RBC, que oferecia uma das maiores premiações do kartismo brasileiro na temporada e que reunia apenas pilotos classificados em competições disputadas com motores sorteados, fornecidos pela RBC Preparações. Também pela Júnior, Vinícius Papareli não conseguiu fazer boa tomada de tempos e largou em 8º na primeira corrida, a Pré-Final.

Uma boa largada fez Papareli participar do grupo que tentava se aproximar da liderança, mas uma forte disputa acabou por fazê-lo perder tempo e, assim, o paulista terminaria a primeira bateria em 4º. A segunda corrida, a Final, terminou de forma polêmica para Vinícius Papareli, que caiu para último na largada e vinha em ótima recuperação.

Na luta pelo 2º lugar, quando superou seu adversário, este ficou por fora e, ao tentar reassumir a posição, rodou. Com sua manobra considerada antidesportiva, Vinícius Papareli (Unicerta | Academia Postural | TCM Pilates) recebeu um “time penalty” de 10 segundos, considerado injusto por seu chefe de equipe, que o mandou continuar na pista. No entanto, o pai de Vinícius mandou que ele parasse para cumprir a penalização.

A ordem de Maique Papareli chegou tarde, porém, e Vinícius acabou desclassificado por não obedecer a sinalização da Direção de Prova. “Após a prova conferimos um vídeo, que comprovou que o Vini não tocou no adversário e não merecia a punição, e o levamos ao Diretor de Prova, que concordou conosco”, lembra Maique Papareli. “Ainda assim o Comissário Desportivo que puniu o Vini não voltou atrás, mesmo com o depoimento do piloto que estava envolvido no incidente, dizendo que foi uma disputa normal”, lamenta o pai de Vinícius.

Assim, Vinícius Papareli entrou com recurso na Federação de Automobilismo de São Paulo (FASP) para que fossem analisadas as imagens e a punição aplicadas pelo Comissário, que não admitiu seu erro. “Sabemos que o resultado não pode mais ser mudado, porque a punição foi aplicada durante a corrida. Mas pelo menos podem voltar atrás e tirar esta bandeira preta do currículo do Vinícius”, pede Maique Papareli.

Vinícius Papareli encerra a temporada contabilizando a conquista de três vices. “Fui vice no Paulista, no Light, no Super Kart Brasil. No Brasileiro eu liderava na última volta, mas perdi o campeonato em razão de um toque que recebi e terminei em 4º”, contabiliza o piloto. “Mas neste esporte dependemos de vários fatores e todos tem que estar em harmonia. Vamos para 2013 com muito aprendizado conquistado e sabendo que aprenderei ainda mais no próximo ano”, finaliza.

Comments are closed.