Copa São Paulo Light

URacer Banner

Techspeed sai na frente no Campeonato de Marcas do Light


| 9 anos atrás | Por:
Diogo Zucarelli, o "Xuxinha" foi um dos vencedores com Techspeed.

Diogo Zucarelli, o “Xuxinha” foi um dos vencedores com Techspeed.


Competição paralela entre as fábricas de chassis foi iniciada na segunda etapa do ano.

Sucesso na temporada passada a RBC Preparações de Motores, promotora da Copa SP Light de Kart, em conjunto com o departamento de kart da FASP (Federação Paulista de Automobilismo), irá reeditar em 2013 o Campeonato de Marcas de Chassis.

Motivado pelo grande número de competidores e do grande interesse para as várias marcas de chassis existentes no mercado nacional o Campeonato de Marcas cria entre os fabricantes uma saudável disputa além de, logicamente, indicar ao mercado qual o produto está se saindo melhor nas pistas.

Em 2012, primeira edição deste campeonato, a catarinense Techspeed ficou com o título. Não satisfeita com o grande resultado do primeiro ano a fábrica comandada pelo empresário Rogério Naspolini saiu na frente, novamente, em 2013. Cabe ressaltar que para fazer jus à pontuação no Campeonato de Marcas de Chassis os pilotos devem, no ato de sua inscrição, informar a marca que estão competindo. Somam pontos os cinco primeiros colocados de cada categoria e, os pole-positions, levam também dois pontos para a respectiva marca.

A competitividade no primeiro ano foi bastante variável. No primeiro semestre a Techspeed liderou com folga, mas, na segunda parte do ano a Mini se recuperou bastante, chegou a vencer uma das etapas, mas, acabou terminando o ano como vicecampeã.

Para a competição deste ano parece que a diferença na pontuação não será tão elástica, criando assim, maior competitividade até o final do ano. Nesta primeira prova classificatória deu Techspeed na primeira posição, com 71 pontos. Kart Mini ficou em segundo, com 55; Birel em terceiro, com 36; Mega Kart em quarto, com 12 e finalmente ART Grand-Prix em quinto, com apenas três pontos conquistados.

“O Campeonato de Chassis é interessante pois cria o interesse nos pilotos em acompanharem qual a marca está se saindo melhor. Pelos fabricantes, por sua vez, o interesse é de colocar o maior número de pilotos na pista para, logicamente, aumentar a sua chance de uma boa pontuação. Ganham os fabricantes, ganham os pilotos por acompanharem um disputa aberta e, principalmente, ganha o Campeonato, com um atrativo a mais e, consequentemente, maior interesse de todos”, comentou Rafael Cançado, diretor da RBC Preparações.

Fotos: Luiz Pinheiro – Quick Comunicação

Comments are closed.