Quick News

4BTS

Sérgio Sette Câmara conquistou o título do Super Kart Brasil


| 9 anos atrás | Por:
Foto: Flávio Quick

Foto: Flávio Quick


Em menos de uma semana piloto conquistou dois importantes títulos com o chassis ART

Acabou neste sábado (31) a sexta edição do Super Kart Brasil com o título da categoria Júnior ficando para o piloto mineiro Sérgio Sette Câmara (Banco Mercantil do Brasil | Tear Textil | Aethra | ART), de Belo Horizonte.

Após ter conquistado no último domingo o Bicampeonato do GP Nacional de Kart, Sette Câmara seguiu para São Paulo na noite de terça-feira e, desde então, se dedicou muito na preparação do equipamento e adaptação ao traçado do Kartódromo de Interlagos que, neste final de semana, foi utilizado em seu sentido anti-horário.

A programação do evento foi bastante extensa e contou com quatro corridas e duas tomadas de tempo. Sempre muito rápido, desde os treinos livres, Serginho comprovou o bom desempenho do novo chassis ART também na emborrachada pista de Interlagos. Com o tempo de 51s514 ele ficou com a pole para as corridas de sexta-feira.

Muito animado com o trabalho desenvolvido por ele mesmo e pela equipe Sabiá Racing, Sette Câmara partiu para as provas. Na primeira, após uma boa largada, ele manteve-se na frente do pelotão e, com tranquilidade, foi abrindo vantagem até finalizar a corrida com mais de três segundos de vantagem. Na segunda prova, disputada na tarde de ontem, o piloto novamente fez uma boa largada e vinha em primeiro, mas, acabou sendo superado por um concorrente que, como havia quebrado na primeira corrida, estava com pneus novos e, por isso, passou Serginho e venceu. Mesmo assim, Sette Câmara ficou em segundo, terminando o primeiro dia com 10 pontos de vantagem para o segundo na classificação.

Hoje aconteceram mais uma tomada de tempos e as duas corridas decisivas. Serginho conseguiu a segunda posição no grid com o tempo de 51s613. Novamente em boa largada o piloto conseguiu pular para a primeira posição e, enquanto os concorrentes brigavam pela segunda posição, ele conseguiu abrir vantagem e vencer, com margem de quase dois segundos. A esta altura o piloto e sua equipe já tinham todas as contas feitas e, com as duas mãos no título, partiu para a última corrida sabendo exatamente do que precisava para a conquista do título. Assim, após uma largada conservadora, o piloto caiu para a quinta posição na largada e, sem pressão, manteve-se neste posto até a penúltima volta, quando um susto quase o tomou o título. Um pneu de seu kart descolou da roda, mas, mesmo assim, de forma bem lenta, o piloto foi com o peso de seu corpo equilibrando o kart para completar a corrida e, com a 12ª posição na última prova, ele comemorou o seu primeiro título no Super Kart Brasil.

“Estou muito feliz com esta conquista. Começamos um trabalho há dez dias com os chassis ART e, as duas competições que participei, consegui os títulos. Quero agradecer imensamente ao apoio da fábrica, da minha equipe Sabiá Racing e da RBC Preparações, que mais uma vez me forneceu motores e carburadores perfeitos para as condições da pista. Deu tudo certo neste final de semana e, até quando tive o problema do pneu, foi na hora exata, pois, meus concorrentes diretos pelo título, já não tinham mais condições de pista de atingirem a minha pontuação no Campeonato”, explicou o representante do Banco Mercantil do Brasil.

Fotos: Flávio Quick – Serginho e Djim de Andrade Martins – Representante dos chassis ART no Brasil.

Fotos: Flávio Quick – Serginho e Djim de Andrade Martins – Representante dos chassis ART no Brasil.

Fotos: Flávio Quick – Serginho e Djim de Andrade Martins – Representante dos chassis ART no Brasil.

Comments are closed.