Quick News

Seletiva de Kart Petrobras presente na carreira de pilotos renomados do automobilismo internacional


| 8 anos atrás | Por:

Danilo Dirani, Nelsinho Piquet, Rafa Matos e Henrique Martins comentam o kart como base fundamental para o profissionalismo dentro das variadas categorias da modalidade

A Seletiva de Kart Petrobras é considerada na atualidade um dos principais eventos de kart no Brasil e está inserida dentro de um universo que contempla as categorias de base do automobilismo nacional. Durante os seus 15 anos de existência, já serviu de passagem para grandes nomes do nosso esporte, que alcançaram o profissionalismo. Neste contexto, alguns pilotos de renome no Brasil e no exterior comentam a importância de investir no kartismo no país para que haja continuidade no trabalho de formação e descoberta de novos talentos brasileiros na modalidade.

Com 20 anos de experiência no automobilismo, Danilo Dirani é um dos grandes campeões de kart do Brasil e foi o primeiro campeão da Seletiva de Kart Petrobras. O paulista acredita que para alcançar o sucesso é preciso muito trabalho dentro e fora das pistas. “A Seletiva é um caminho fundamental para chegar ao profissionalismo. Foi um dos torneios mais importantes que já venci na minha carreira (1999), e sem o título eu não teria tido visibilidade e feito a transição do kart para os monopostos, nas categorias de fórmula”, comentou o piloto que já conquistou cerca de 900 troféus e 30 títulos na carreira.

“Hoje, os pilotos iniciantes dependem também de ter toda uma estrutura boa para ajudar na parte de patrocínio. Então, além de se preocupar com a sua parte na pista, o kartista tem que se preocupar com as questões de fora. Tem que saber investir em campeonatos que proporcionem retorno”, concluiu o paulista que é destaque nesta temporada do campeonato Sul-americano e Brasileiro de Fórmula Truck.

Nascido em uma família tradicional no mundo a motor, Christian Fittipaldi é de uma geração anterior e não teve a oportunidade de disputar a Seletiva. Mas o piloto revela que o kart é uma escola para toda a vida. “Tudo o que eu aprendi no kart, eu carreguei comigo ao longo da minha carreira. Fosse guiando um F-1 ou um Fórmula Truck. As bases que o kart te dá, você pode adaptar sempre nas pistas”, disse o único brasileiro a ter competido nas três principais categorias do automobilismo mundial (F-1, Indy e NASCAR).

Nelsinho Piquet, filho do tricampeão de F-1 Nelson Piquet, compartilha da mesma opinião de Christian. “O kart é a base natural do automobilismo. Estou nisso praticamente desde que nasci e até hoje sempre que entro num kart aprendo alguma coisa. Apoiar uma categoria de formação de pilotos é uma iniciativa muito relevante e seria bom ver outros grandes patrocinadores investindo nisso, a exemplo do que a Petrobras faz há 15 anos”, ressaltou Nelsinho, que entrou para a história do automobilismo nacional ao tornar-se o primeiro brasileiro a vencer uma das três divisões da NASCAR, em 2012. O piloto chegou a participar de duas etapas classificatórias da Seletiva, ambas em Imperatriz (MA), e até ganhou a prova no ano 2000, mas não pôde disputar a final porque não tinha a idade mínima exigida pelo regulamento do campeonato (naquela época, 16 anos completos).

Para o mineiro Rafa Matos, que participou da final da Seletiva de Kart Petrobras em 2001, é no kartismo que os pilotos revelam suas personalidades. “Competi no kart entre 1992 e 2001. Neste meio tempo, participei da Seletiva apenas uma vez e acho que esse tipo de evento é importantíssimo para a formação de base. São iniciativas como esta que desenvolvem o nosso automobilismo, pois é no kart que se recebe os primeiros ensinamentos e que se desenvolve a personalidade dentro das pistas de corrida, ajudando a descobrir futuros pilotos de sucesso”, revelou Matos, que já correu duas temporadas na Indy e estreou na Stock Car este ano.

Há cinco anos competindo na Europa, Henrique Martins, de apenas 20 anos, também descreve a emoção do que é participar de uma Seletiva. “A Seletiva é um dos únicos eventos no Brasil que tem uma real preocupação com o futuro do piloto, pois oferece incentivo financeiro e de imagem, junto com a Petrobras. Todo piloto que está no início da carreira, de qualquer parte do país, sonha com a Seletiva e este fato é essencial para o crescimento do nosso esporte”, disse o jovem que já foi campeão paulista e brasileiro de kart e que, no ano passado, foi o quarto colocado na Fórmula 3 Italiana.

Gerente de Planejamento de Comunicação da Petrobras, Luís Fernando Meinicke encerra destacando a satisfação da empresa ao apoiar a Seletiva desde o começo. “O evento sempre cumpriu seu papel de incentivar os pilotos e continua cumprindo. A cada ano, são novos pilotos que saem da categoria Junior e chegam na Graduados tendo a Seletiva como grande incentivadora para que eles continuem evoluindo. Quando analisamos o material destes 15 anos de projeto, é uma satisfação muito grande poder identificar os pilotos que passaram por aqui e que hoje estão nas categorias top do automobilismo”, finalizou.

A terceira etapa classificatória da temporada 2013 da Seletiva acontece no próximo dia 29 de junho, em Belo Horizonte (MG). Válida pela quarta rodada do Campeonato Mineiro de Kart, a etapa irá selecionar mais um piloto para completar o grid de 12 competidores da final.

Seletiva de Kart Petrobras – Criada em 1999, com o patrocínio da Petrobras e Petrobras Distribuidora, a Seletiva é composta por seis etapas classificatórias, realizadas dentro dos principais campeonatos regionais do país. Doze pilotos são selecionados para a grande final, onde competem em condições de igualdade. Participam do torneio kartistas entre 14 e 18 anos. Desde 2012, ex-campeões não podem defender seus títulos. Em média, aproximadamente 110 pilotos tentam a vaga na final da Seletiva por ano e, em 15 anos, mais de 150 já estiveram disputando a final.

O campeão da Seletiva de Kart Petrobras de 2013 mais uma vez receberá o maior prêmio do kartismo nacional (123 mil reais). O vice-campeão ganhará 8,5 mil reais, e o terceiro, 3,7 mil reais. A premiação total da temporada (somando as quantias distribuídas nas etapas classificatórias) chegará a 145 mil reais.

Veja quem já está selecionado para a final de 2013:
Vitor Baptista (SP)
Bruno Bertoncello (RS)
Renato Silveira Jr. (RJ)
Matheus Leist (RS)
Vinícius Papareli (SP)

Próximas etapas da Seletiva de Kart Petrobras 2013:
3ª etapa – 29 de junho – Belo Horizonte / MG
4ª etapa – 18 de agosto – Recife / PE
5ª etapa – 28 de setembro – Imperatriz / MA
6ª etapa – 19 de outubro – Penha / SC

FINAL: 29 e 30 de outubro – Kartódromo da Granja Viana – Cotia / SP

Comments are closed.