Quick News

BOTTO AutoGear Banner

São Paulo FC se destaca na terceira etapa


| 10 anos atrás | Por:

Bruno Baptista ficou em evidência com o kart Tricolor #25, sendo um dos mais rápidos e candidato à vitória na rodada dupla do último sábado (14) em Barueri (SP). Com lesão na costela, Rodrigo Baptista foi vetado para a disputa das provas.

Na terceira etapa da Copa SP Light de Kart disputada no último sábado (14), no Kartódromo Internacional de Aldeia da Serra, o São Paulo Futebol Clube foi um dos destaques. Chamando a atenção na categoria Sprinter, Bruno Baptista acelerou seu kart tricolor, enfrentou dificuldades com acidentes e problemas mecânicos, mas superou-as com propriedade.

“Foi uma etapa difícil, mas eu estava confiante. Fui bem nas duas corridas, virando tempos bem rápidos mesmo quando preso atrás de outros pilotos mais lentos. Meu ritmo era melhor até que o dos primeiros colocados!”, contou o determinado Bruno Baptista, que foi o segundo mais rápido em uma bateria e terceiro mais veloz na outra.

Depois de ter problemas de motor nos treinos livres da sexta-feira, coincidentemente 13, o piloto teve que trocar de motor e perdeu cinco posições no grid para a primeira prova, transformando o sétimo lugar conseguido na tomada de tempos em 12º. Na largada, Bruno já partiu para cima e, algumas curvas depois, já era nono.

Mais rápido, o rapaz continuou galgando posições e chegou a ser quarto, a cinco voltas do fim. Porém quando vinha para completar a 14ª passagem, levou um toque de Leandro Law e perdeu o controle do kart, batendo de frente no muro de proteção da entrada da reta principal. Com dificuldades, o piloto ainda levou até o final, mas já no pelotão de trás.

“Na primeira corrida, eu estava muito bem, meu kart estava muito rápido! Tinha largado em 12º e tinha chances de sair com um lugar entre os três primeiros. Estava já em quarto e acho que conseguiria até alcançar o líder, mas aí levei a batida e atrapalhou tudo”, testemunhou o jovem, autor da segunda melhor volta da corrida, mesmo com tráfego.

Bruno saiu ileso da batida, mas não se pode dizer o mesmo de seu chassi CRG, que chegou aos boxes completamente torto e com algumas partes quebradas. Aproveitando que Rodrigo Baptista, o outro piloto do Soberano, está no departamento médico, com lesão na costela, a equipe Nelsinho Competições aproveitou as peças do chassi de Rodrigo e consertou o kart #25, a tempo para a segunda prova.

Largando mais atrás por conta do acidente, Bruno ficou preso atrás de adversários mais lentos do grande pelotão de karts. Mesmo assim, fez prova de recuperação, saltando do 15º para o oitavo lugar. Nessa bateria, ele também tinha ritmo para ganhar a prova, com a terceira melhor volta.

Segundo Marcelo Piedade, coach e preparador de Bruno, as dificuldades fazem parte do aprendizado neste início de carreira. Para ele, o representante do São Paulo FC tinha bom ritmo de corrida. “Cada prova é uma corrida diferente e temos que tirar aprendizado de todas elas. Tínhamos um ótimo equipamento, muito bom de aderência e o Bruno também foi muito bem, entre os mais rápidos da corrida. O acidente na primeira prova atrapalhou, mas não tirou o destaque dele, que fez duas belas corridas”, analisou o técnico.

Bruno volta à pista oficialmente daqui a um mês, no Campeonato Paulista de Kart, que fará sua terceira etapa no Kartódromo de Interlagos, em 12 de maio. Enquanto isso, ele segue com o programa de treinos da equipe e Rodrigo Baptista se recupera.

Comments are closed.