Mineiro de Kart | F-Minas

4BTS

Quinta do Mineiro de Kart agitou o sábado no RBC Racing


| 8 anos atrás | Por:
Foto: Flávio Quick - A categoria F400 reuniu o maior número de pilotos da etapa.

Foto: Flávio Quick – A categoria F400 reuniu o maior número de pilotos da etapa.

Na pista pilotos da Cadete, Super Master/Sprinter e F-400.

O Kartódromo RBC Racing, em Vespasiano, na Grande Belo Horizonte, recebeu neste sábado (17) pilotos e equipes de várias partes de Minas Gerais para as disputas da quinta rodada do Campeonato Mineiro de Kart. As provas foram válidas pela nona e décima etapas da competição e reuniu grandes feras da modalidade.

Adotando um novo sistema de programação todas as atividades foram disputadas na parte da manhã. O dia começou com os treinos de aquecimento seguidos pelas tomadas de tempos e, em seguida as duas baterias.

Abrindo a programação a Cadete realizou suas duas corridas. Em ambas as apresentações a disputa pela liderança envolveu quatro karts que, a todo momento, se revezaram nestas primeiras posições. Manobras arrojadas e um festival de ultrapassagens mostrou que realmente a velocidade dos pilotos vem mesmo desde pequeno. A primeira corrida foi vencida por Ayrton Gil seguido por Pedro Rosa Amaral e Pedro Benz em terceiro. Na segunda bateria, mesmo havendo alguns toques entre eles, na última volta o resultado se repetiu com vitória de Ayrton seguido por Pedro Rosa. Na terceira posição chegou Rafael Araújo.

A classe F-400 veio na sequência. Após partir da terceira posição Daniel Cançado ainda na primeira volta conseguiu pular para a liderança na curva cinco. Ainda nesta primeira volta o piloto acabou sendo superado e, com isso, Breno Lima, que largara da pole, voltou à primeira posição. Um grande incidente envolvendo seis karts marcou a abertura da segunda volta e, com isso, o pelotão acabou se espalhando. A briga pelas três primeiras posições, contudo, foi acirrada até o final. Diogo Del Sarto, Breno Lima, Herbert Hoepers e André Novaes se revezaram nos primeiros lugares até as últimas voltas. Lima acabou se estabelecendo no primeiro posto nas três últimas voltas e conseguiu abrir assegurando assim a vitória. Novaes chegou em segundo e Del Sarto, em terceiro. Na segunda bateria mais uma vez a competitividade marcou a prova com os 14 concorrentes brigando a cada curva pelas principais posições. Diogo Del Sarto conseguiu assumir a ponta no início da corrida e, aproveitando-se das demais brigas abriu um pouco. Porém, com o passar das voltas, William Hoepers, Breno Lima e André Novaes foram chegando para a disputa da segunda posição. Um pouco mais atrás, Ronaldo Staico e Ednilson Las Casas também se aproximavam. Nas últimas três voltas os seis primeiros colocados estavam completamente embolados. A esta altura Breno já era o líder e abrira pequena vantagem, mas, suficiente para que ele não fosse mais incomodado até a bandeirada de sua segunda vitória do dia. Ronaldo Staico chegou em segundo e Del Sarto, em terceiro.

Encerrando a programação as categorias Super Master e Sprinter tomaram a pista. Partindo da pole-position José Eduardo Fusco manteve-se na liderança enquanto que Igor Amaral e Júlio Wolff lutavam pela segunda posição. Fernando Buzollo chegou à disputa, mas, com problemas elétricos, teve de abandonar. Os outros três protagonizaram uma disputa emocionante por toda a corrida. Com várias trocas de posição quem acabou levando a melhor foi Júlio que, a duas voltas para o final, assumiu definitivamente a ponta e seguiu para a bandeirada da vitória. Fusco chegou em segundo e Amaral, em terceiro. A exemplo do que aconteceu na primeira corrida as disputas começaram muito intensas nesta bateria complementar. Júlio Wolff, que partiu da pole, acabou perdendo a liderança para José Fusco. Junto a eles, Fernando Buzollo, Igor Amaral e Humberto Alves brigaram muito pela liderança. Com problemas, Wolff foi ficando para trás e, com vistas ao Campeonato, se arrastou na pista até completar 75% da prova, condição para que ele levasse os pontos para a classificação. Na ponta Fusco seguia sem ser ameaçado até a bandeirada final. Igor chegou em segundo e Humberto, na terceira posição.

O Mineiro de Kart dá uma pausa agora em seu calendário. No mês que vem o RBC Racing recebe as provas da Fórmula Minas de Kart, competição que servirá como Open para a Copa Brasil, entre os dias 19 e 21 de setembro. O Mineiro, efetivamente, só terá a sua sexta rodada daqui a 60 dias, nos dias oito e nove de novembro.

Foto: Flávio Quick – Com 14 karts a F-400 reuniu o maior grid desta rodada.

Comentários