Copa São Paulo Light

Hotel oficial da Copa SP Light de Kart

Quase 140 pilotos disputaram, neste sábado, segunda do Light


| 9 anos atrás | Por:
Foto: Quick Comunicação - Luiz Pinheiro

Foto: Quick Comunicação – Luiz Pinheiro

Competição foi marcada, também, pela primeira classificatória ao GP RBC 2013

Barueri (SP) – A Copa SP Light de Kart RBC realizou neste sábado (23) a segunda etapa da temporada 2013. Com 136 pilotos as corridas foram emocionantes no Kartódromo Internacional Aldeia da Serra (Barueri/SP) e, definiram também, os primeiros classificados para o GP RBC. Outro ponto alto do fim de semana foi a transmissão ao vivo de todas as atividades por meio da parceria America.net com o site Mundo Motor.

“Fico muito satisfeito com mais essa etapa do Light aqui na Aldeia da Serra. O número de inscritos foi muito positivo para a segunda rodada do campeonato, o que me deixa animado para o restante da competição”, comentou Rafael Cançado, promotor do certame.

“Estamos no início de nosso 11º ano e podemos ver que o campeonato já está consolidado. Temos corridas muito competitivas e, como vimos aqui hoje, os pilotos estão virando tempos muito próximos uns dos outros. Este é o nosso objetivo: oferecer uma competição acirrada e atrair cada vez mais pilotos”, completou o dirigente.

O dia começou com temperaturas amenas e bastante nublado, com o céu carregado de nuvens negras. A expectativa geral era de que a chuva poderia dar as caras. No entanto, o sol apareceu ainda pela manhã e as coisas ficaram mais quentes, literalmente. À tarde, o azul do céu já era visível e as nuvens iam se afastando.
Antes do almoço, a pista foi ocupada pelas tomada de tempos e corridas das categorias Mirim, Cadete, Júnior Menor, Júnior e Sprinter. Sênior, Super Sênior, Super Cadete e Graduados encerraram a programação da segunda etapa.

Confira, por categoria, como foram as provas:

Graduados
Segunda categoria mais cheia da etapa, a “tropa de elite” do kartismo contou com 23 inscritos, que garantiram boas disputas no traçado da região metropolitana paulista nas atividades realizadas depois do almoço e encerrou o dia de corridas. O vencedor da primeira corrida que assim carimbou seu nome na lista de classificados para o GP RBC foi Vitor Baptista.

A primeira corrida teve Matheus Leist na pole position, a bordo do kart Techspeed, com o tempo de 40s839. Ele colocou a mínima vantagem de 0s023 sobre Renato Silveira Jr. Mauro Auricchio ficou a míseros 0s051 de largar em primeiro.
Marcada por disputas acirradas desde a bandeira verde, a corrida inicial foi vencida por Vitor Baptista, que tinha largado apenas em sexto. Olin Galli, que tinha tomado a liderança na largada e aberto grande vantagem, abandonou a sete voltas do fim, com um problema no seu kart. Assim, João Vieira e Bruno Bertoncelo completaram os três primeiros da primeira prova.

A segunda bateria foi tão competitiva quanto a primeira. Ou até mais. Com várias alternâncias na liderança, Renato Silveira Jr. levou a melhor e venceu, com pequena vantagem sobre Pietro Rimbano. Bertoncelo novamente foi o terceiro. O resultado garantiu a Silveira o título de campeão da etapa. Também subiram no pódio Vitor Baptista, Bertoncelo, Pietro Rimbano, Artur Fortunato e João Vieira.

Júnior

Pedro Cardoso foi unanimidade na Júnior. Começou o dia dominando e foi para casa como campeão da etapa, ao marcar a pole position e vencer as duas corridas. Na primeira, ele deixou Zaiya Fontana e Pedro Fonseca para trás. A segunda bateria foi bem mais emocionante e os pilotos trocaram de posição frequentemente durante todas as 17 voltas. Tanto que não era possível apontar o favorito à vitória até a volta final, quando Cardoso recuperou a liderança nos últimos metros e venceu, seguido por Murilo Della Coletta e Paulo Victor Lima.

Na somatória da etapa, o pódio com os três primeiros ficou assim: Pedro Cardoso, Murilo Della Coletta e Zaiya Fontana.

Júnior Menor

João Vitor Rosate contou com uma vitória na primeira bateria e um terceiro lugar na segunda para sair de Aldeia da Serra como campeão da etapa. As duas corridas foram marcadas por disputas de tirar o fôlego. Rosate, com o resultado da primeira prova, também ficou com a vaga do GP RBC.

A primeira bateria foi bastante tranquila para Rosate. Ainda que sofrendo alguma pressão ao longo das 18 voltas, ele largou da pole e recebeu a bandeira quadriculada com vantagem de dois segundos sobre Gabriel Paturle e quase dez segundos sobre Marcel Coletta, que respectivamente completaram o top-3.

Bem mais emocionante, a segunda bateria terminou com a vitória de Raikkonen Sakzenian, que esticou o pescoço para vencer Gabriel Paturle e Yanni Fontana por 90 milésimos na linha de chegada. A prova ainda teve disputas emocionantes nos pelotões intermediários.

No pódio, considerando os dois resultados, Rosate ficou em primeiro, trazendo Gabriel Paturle em segundo e Yanni Fontana em terceiro.

Sprinter

Bruno Baptista estava em mais um dia inspirado. Atual campeão do GP RBC na Novatos, o piloto quer o título do Light nesta sua segunda temporada no kartismo. Largando em segundo na primeira corrida (a pole foi de Lucca Croce), ele tomou a liderança e disparou na frente, vencendo com tranquilidade e ficando com a vaga do GP.

O caminho seria repetido na segunda corrida, mas um problema na tampa de seu escapamento obrigou-o a retornar aos boxes para um reparo na metade da disputa. Assim, sobrou para Evandro Bambirra, estreante do dia, o papel de defender a primeira posição. E foi um trabalho árduo: na bandeirada, ele tinha somente dois décimos de vantagem sobre Luiz Matheus, vencendo sua primeira corrida em seu dia de estreia.

Com 16 karts na pista as duas corridas foram divertidas para o público, cheia de disputas de posição no meio do pelotão. Na somatória, o campeão da etapa foi o próprio Bambirra, que tinha sido o segundo colocado na primeira prova. Em seguida, o top-3 foi completado por Luiz Mateus e Antonio Matiazi.

Super Sênior/Sênior B

Jorge Borelli começou o sábado da Super Sênior na primeira posição, assegurando a pole position com a vantagem incrível de apenas 20 milésimos. Aliás, 23 pilotos couberam no mesmo segundo, o que fez da categoria a mais cheia, com 25 inscritos, e a mais acirrada. Se a margem da pole não foi tão grande, Borelli ratificou a sua superioridade na primeira corrida, vencendo e, com isso, garantindo por mais um ano a sua participação no GP RBC. Mas, a conquista veio de forma apertada, pouco menos de um segundo à frente de Usama Ferdinian na bandeirada.

Na segunda bateria, Ferdinian foi segundo de novo, seguido por Marcos Peli e atrás do vencedor Christiano Mattheis. Na somatória, no entanto, foi Ferdinian quem venceu em pódio completado por Jorge Borelli, Marcos Peli e Christiano Mattheis.

Cadete

Marcelo Daineze foi um dos destaques do dia na Cadete, segunda categoria a entrar na pista. Largou da quarta posição na primeira corrida – onde Felipe Baptista foi o pole – e superou os rivais para vencer e vicar com a vaga do GP. Ao todo, a classe teve a participação de 15 garotinhos que proporcionaram batalhas intensas na pista.

A segunda corrida, especialmente, foi a mais emocionante. Até a última volta, tudo estava em aberto entre os seis primeiros, que chegaram a emparelhar quatro karts no miolo do circuito. A vitória ficou com José Muggiati Neto, à frente de Baptista e Paulo Coelho. Muggiati, Daineze, Coelho, Leonardo Rufino, Gabriel Bortoleto e Baptista, nesta ordem, foram os seis melhores colocados da etapa na soma das duas baterias.

Super Cadete

Matheus Morgatto largou na pole position da Super Cadete na primeira corrida, mas não conseguiu tirar proveito disso. Ele acabou abandonando a disputa a cinco voltas do fim. Assim, coube a Felipe Baptista tomar a liderança e vencer, com quatro segundos de vantagem sobre Derek Ryan. João Pedro Correa foi o terceiro colocado, a apenas 0s4 de Derek. Deste modo, pela segunda vez no dia, Batista se classificou para o GP.

Na segunda prova, Morgatto ressurgiu das cinzas e foi para as cabeças, disputando a vitória com Diego Ramos e Luiz Vinícius Rosate. Os três disputaram a glória arduamente durante as 15 voltas, trocando várias vezes de posição. Mas Rosate foi quem liderou pela última vez e venceu, seguido por Ramos e Morgatto, em chegada emocionante. A diferença entre os dois primeiros foi de 52 milésimos na bandeirada.

A soma geral deu a vitória do fim de semana a Diego Ramos. Os seis primeiros contaram ainda com, respectivamente, João Pedro Correa, Paulo Coelho, Rafael Veiga, Luis Rosate e Felipe Baptista.

Sênior

Todos os inscritos na Sênior ficaram no mesmo segundo, na tomada de tempos. Alain Sisdeli, recém-egresso da Graduados, marcau a pole position. A primeira corrida, porém, terminou com a vitória de Diogo Zucarelli, que deixou Sisdeli e Ricardo Thomazi para trás e recebeu a bandeirada que lhe rendeu a vaga para o GP RBC.

Na segunda prova, Zucarelli repetiu a dose e completou o fim de semana quase perfeito, com duas vitórias. Faltou só a pole. Enquanto isso, Sisdeli e Thomazi repetiram as suas posições da primeira corrida. Assim, Diogo “Xuxinha” foi coroado o campeão da etapa. O pódio foi completado por Sisdeli, Thomazi, Fernando Oizumi, Leonardo Nienkkoter e Juliano Rigon.

Mirim

Primeira categoria a entrar na pista, a Mirim teve um “pega” bonito entre seus pilotinhos. Dono da pole position para a primeira corrida, Rafael Câmara trocou várias vezes de posição com Gabriel Gomez. Mas, ficou à frente quando precisava: na bandeirada, vencendo com 0s2 de margem e ficando com a vaga do GP. Na segunda prova, os dois tiveram a companhia de Pedro Aizza, com quem disputaram – e perderam – até a bandeirada.

A soma das duas baterias apontou Câmara como campeão da etapa, Aizza como vice e Gomez em terceiro. Os seis primeiros foram completados por Bruno Possenti, Pedro Braga e Isabelle Torres.

A próxima etapa do Light será no dia 13 de abril, novamente no Kartódromo Aldeia da Serra, em Barueri.

Fotos: Luiz Pinheiro – Quick Comunicação

Assessoria de comunicação da RBC Preparações de Motores Ltda
Jornalistas Responsáveis: Flávio Quick e Fabiola Cadar
Quick Comunicação e Marketing

Comentários