Quick News

4BTS

Pilotos mineiros tentam quebrar tabu na Seletiva de Kart Petrobras


| 8 anos atrás | Por:
Foto: Flávio Quick - Com 14 anos Sérgio Sette Câmara é o mais novo dos mineiros a tentar a classificação.

Foto: Flávio Quick – Com 14 anos Sérgio Sette Câmara é o mais novo dos mineiros a tentar a classificação.

Na edição de comemoração dos 15 anos de um dos principais campeonatos de kart do Brasil, representantes de Minas Gerais disputam vaga em junho em busca de título inédito para o estado

Em 15 anos de existência da Seletiva de Kart Petrobras, o estado de Minas Gerais ainda não revelou um campeão no evento considerado referência no kartismo nacional. O mineiro Clemente Faria Jr. foi o piloto que mais se aproximou da conquista do título, quando se classificou em terceiro na decisão do campeonato em 2005. Outros quatro kartistas de Minas também já tiveram a chance de participar de uma final. Entre eles, Lucas Nogueira continua na busca pelo título inédito para o estado, ao lado de outros fortes representantes mineiros.

Para compor a lista dos 12 finalistas da Seletiva nesta temporada 2013, as seis etapas classificatórias abrangem os principais campeonatos regionais de todo o Brasil. Dois paulistas, dois gaúchos e um carioca já têm presença garantida na grande final. E, a disputa para preencher a próxima vaga acontece em Belo Horizonte, no Kartódromo RBC Racing, prevista para o dia 29 de junho – válida pela quarta etapa do Campeonato Mineiro de Kart. E o selecionado pode quebrar o tabu e trazer este título inédito para o estado, que já foi sede de uma das finais da Seletiva de Kart Petrobras, no ano de 2003, quando o paulista Rafael Daniel foi o vencedor.

O melhor resultado de um mineiro na história da competição – que promove o incentivo ao esporte com a distribuição da maior premiação dentro da modalidade no país – foi o de Clemente Faria Jr., em 2005, com o terceiro lugar do pódio. “Quando eu participei, eu estava em um momento de transição do kart para os monopostos. Era uma oportunidade muito boa para ganhar o prêmio e poder fazer a pré-temporada das disputas que estavam por vir. Esse estímulo foi o que me levou a buscar o prêmio e continuar no esporte”, lembrou o piloto que já competiu na F-Renault Brasil, F-3 Sudam, F-3 Inglesa e no Trofeo Linea/Copa Fiat.

Outros mineiros também já tiveram a oportunidade de ser campeão da Seletiva, como: Rafael Matos (6º lugar em 2001), Emerson Silveira (11º lugar em 2002) e Guilherme Silva (9º lugar em 2010). Há dois anos, Lucas Nogueira, de 17 anos, chegou a ficar com o quarto lugar.

Lucas, que corre com o auxílio financeiro de outros competidores, comenta a importância de uma vitória para dar continuidade à carreira no automobilismo. “Pra mim, a Seletiva é a melhor corrida de kart que existe no Brasil, principalmente pela premiação e porque não tem desigualdade – na final, todos correm nas mesmas condições de competição, tanto nos carros como no reconhecimento da pista. E, além de revelar o melhor piloto do país, o dinheiro é uma boa ajuda para seguir em outros campeonatos”, ressaltou Lucas, que pretende disputar a Copa do Brasil, o Campeonato Brasileiro e o GP Nacional ainda em 2013.

Atualmente correndo na temporada europeia dos campeonatos WSK (Master Series e Euro Series), Sérgio Sette Câmara, de 14 anos, vem para o Brasil exclusivamente para participar da Seletiva em junho e, nesta terceira etapa, é um forte concorrente à vaga. “Participo de competições de kart desde os sete anos de idade e sempre ouvi falar da Seletiva de Kart Petrobras. Este ano, fiz questão de encontrar um espaço na agenda, junto com meus patrocinadores, para, em casa, tentar conquistar a vaga para a final e a possibilidade de buscar o prêmio tão valioso. Com certeza, ele é um grande incentivo para que nós, pilotos, possamos seguir nossas carreiras”, comentou o kartista que foi Campeão Mundial de Kart do X30 World, pela categoria Jr., em 2012.

Júlio Wolff, Pedro Guilherme Gomes e Evandro Bambirra também se destacam como representantes locais no grid que compõe o Campeonato Mineiro de Kart, além de outros novos talentos que serão esperados na disputa do próximo mês.

Seletiva de Kart Petrobras – Criada em 1999, com o patrocínio da Petrobras e Petrobras Distribuidora, a Seletiva é composta por seis etapas classificatórias, realizadas dentro dos principais campeonatos regionais do país. Doze pilotos são selecionados para a grande final, onde competem em condições de igualdade. Participam do torneio kartistas entre 14 e 18 anos. Desde 2012, ex-campeões não podem defender seus títulos. Em média, aproximadamente 110 pilotos tentam a vaga na final da Seletiva por ano e, em 15 anos, mais de 150 já estiveram disputando a final.

O campeão da Seletiva de Kart Petrobras de 2013 mais uma vez receberá o maior prêmio do kartismo nacional (123 mil reais). O vice-campeão ganhará 8,5 mil reais, e o terceiro, 3,7 mil reais. A premiação total da temporada (somando as quantias distribuídas nas etapas classificatórias) chegará a 145 mil reais.

Veja quem já está selecionado para a final de 2013:
Vitor Baptista (SP)
Bruno Bertoncello (RS)
Renato Silveira Jr. (RJ)
Matheus Leist (RS)
Vinícius Papareli (SP)

Informações para a imprensa:
FGCom

Comments are closed.