Quick News

Artmix Banner

Para João Vieira, SKB13 é para ser esquecido


| 8 anos atrás | Por:
Foto: Flávio Quick

Foto: Flávio Quick

Piloto de Palmas desabafou: “Foi o meu pior fim de semana do ano!”

Neste domingo, dia 15, o Kartódromo de Interlagos, na zona sul de São Paulo, recebeu pilotos e equipes de várias partes do país para as disputas da 13ª edição do Super Kart Brasil. Na categoria Graduado, a mais veloz do kartismo nacional, o tocantinense João Vieira (Kart Mini | Nova Era Móveis Escolares) buscava um bom resultado à exemplo de suas conquistas do final da temporada passada.

Com bom desempenho nos treinos livres, quando terminou a última sessão da sexta-feira liderando, João chegou animado ao kartódromo para o primeiro dia de atividades oficiais. No sábado ele entrou na pista direto para a tomada de tempos e, em seguida, para a corrida. Com a marca de 44s083 ele ficou apenas com o oitavo lugar para o grid da primeira corrida. Nesta prova, após uma boa largada, na segunda volta pulou para sétimo, mas não tinha bom ritmo e foi caindo de produção. Na quinta volta, oitavo. Na sexta, nono. Na sétima, décimo, posto em que seguiu até receber a bandeirada. Indignado com o baixo rendimento o piloto reclamou bastante do kart, disse que estava difícil de fazer curvas, apesar de a velocidade nas retas estar boa. Na segunda corrida, por sua vez, largou em sétimo. Porém, com ritmo ruim novamente, não conseguiu perceber na pista as alterações feitas por sua equipe e, apesar de todo o seu esforço, concluiu novamente na décima posição.

“O acerto do kart estava ruim e parece que piorou. Ontem, fiz o melhor tempo do treino livre, mas hoje perdemos totalmente o acerto do kart. Piorei um segundo e meio no meu tempo. Descobrimos só no final do dia o problema. Foi muito estranho, porque nossa equipe não usa velas B9, só compramos B10. Além da vela que estava no meu motor ser B9, ela estava queimada. É muito difícil provarmos, mas, achamos que alguém de fora da equipe mexeu no meu kart”, comentou o piloto.

Na tomada de tempos do domingo o kart de Vieira saiu com algum problema de carburação. Ele tentou arrumar mexendo nas agulhas, mas, com pouco tempo de pista livre, conseguiu só o décimo tempo. Na primeira volta ele pulou para sétimo e logo depois para quinto, posição em que se manteve até a metade da corrida. Neste momento, quando vinha em corrida de recuperação, foi literalmente jogado para fora da pista e teve de abandonar.

Na quarta e última corrida do final de semana João largou novamente em décimo e foi avançando rapidamente nas posições, até chegar ao pelotão dos líderes. Nesse momento, contudo, teve seu kart acertado várias vezes pelos de outros concorrentes e, com isso, perdeu todas as posições que havia conquistado, terminando a bateria no décimo lugar.

“Foi o meu pior fim de semana do ano. Larguei muito bem na última prova, pulei para quinto e tinha um bom ritmo. Mas levei muita pancada, desde a terceira bateria. Parece que todo mundo resolveu bater em mim hoje. Foi um fim de semana para esquecer. Agora é partir para a próxima, com ânimo renovado para a Copa Brasil”, comentou resignado o piloto de Palmas.

Fotos: Flávio Quick – Divulgação

Assessoria de Comunicação do piloto João Ricardo Vieira
Jornalistas Responsáveis: Flávio Quick e Fabiola Cadar
Quick Comunicação e Marketing

Comments are closed.