Quick News

Mega Kart desenvolveu chassi MX para a I Copa das Federações de Kart


| 10 anos atrás | Por:

Bicampeão capixaba Melhorim fez testes do equipamento em Serra (ES)

Rio de Janeiro, 16 de fevereiro de 2012 – A Mega Kart, empresa que atua no mercado de peças para Kart no Brasil desde 1997, lançou no início do ano o MX, modelo de chassi que será utilizado na disputa da I Copa das Federações de Kart, que acontece na cidade de Serra (ES) entre os dias 6 e 10 de maio. A competição será a primeira oportunidade para um confronto direto em campeonatos nacionais entre marcas recém homologadas pela Comissão Nacional de Kart (CNK) no final de 2011: ART, Birel, CRG Brasil, Mega Kart, Mini, PPK, Techspeed e Thunder.

Sediada no tradicional bairro paulistano da Mooca, a Mega Kart tomou providências para enfrentar as novas concorrentes com melhores chances. Entre elas está o apoio ao piloto Eder Melhorim, atual bicampeão capixaba da categoria F4, que trabalha no desenvolvimento do chassi e disputará o torneio com o MX. Waldibio Ferraz, um dos sócios-proprietários da Mega Kart, explica que o equipamento possui diversas formas de acerto, se adequando a qualquer tipo de pista:

“O MX é o kart com maior número de regulagens do mercado e fácil acerto em qualquer tipo de pista. Isto vai de encontro ao perfil dos kartódromos brasileiros, que apresentam vários tipos de asfalto e traçado.”

O piloto Eder Melhorim tem 31 anos de idade e desde 2010 utiliza equipamentos da Mega Kart. Para a I Copa das Federações de Kart ele vai contar com apoio técnico de fábrica, o que inclui reposição de peças para o seu chassi. O piloto está acostumado a disputar provas no Kartódromo Internacional de Serra, ele aposta que sua experiência nesse traçado pode ajudar a fabricante:

“Estou habituado a correr em Serra, uma pista muito técnica, de alta velocidade e com uma reta muito grande. Isso me ajudou a fazer os testes com o novo chassi MX, um equipamento que se mostrou maleável e de fácil adaptação às características do circuito.”

Sobre a chegada de novas fábricas de chassis, Ferraz destaca que já passou por um processo semelhante há 15 anos, e lembra que essa a concorrência entre empresas é sempre positiva:

“Acreditamos que toda concorrência é salutar e alimenta o desenvolvimento de nossa empresa. Vivemos algo semelhante em 1997, quando 11 fabricantes foram homologados.”

A I Copa das Federações de Kart acontece na segunda semana de março e tem premiação total de 100 mil reais. Nos próximos dias será divulgada a lista de pilotos inscritos para o torneio.

Comments are closed.