Quick News

Mega Kart conquista vitórias no Kartódromo de Paulínia…. e no judô!!!


| 9 anos atrás | Por:

Vitória da judoca Jessica Santos, apoiada pela empresa, na Seletiva Nacional orgulha diretoria da Mega Kart

A Mega Kart continua comemorando vitórias na atual temporada e as mais recentes foram no último final de semana, quando seu novo chassi MX venceu em duas categorias da Copa San Marino TKR, que teve uma de suas etapas disputadas no Kartódromo de Paulínia, interior de São Paulo. Mas, além de vibrar com as vitórias dentro das pistas, a Mega Kart teve motivos para comemorações nos tatames do judô.

A vitória neste outro importante esporte veio com a judoca Jessica Santos, filha do preparador João, que atua no Kartódromo de Guaratinguetá. “A Mega Kart apóia outras modalidades do esporte, como é o caso do judô, através da Jessica, e estamos muito satisfeitos por termos acreditado nela”, dizem Waldíbio Ferraz e Marcos Ferreira, diretores da Mega Kart.

Jessica Santos disputou entre os dias 16 e 18 de março a Seletiva Nacional de Judô em Goiânia (GO) e, assim, garantiu vaga para o Pan-Americano da modalidade, bem como para uma turnê internacional, quando participará de competições na França e na Ucrânia. “Quero agradecer o apoio dado pela Mega Kart e, principalmente, por acreditarem no talento da Jessica”, diz o pai da judoca.

Voltando aos kartódromos – Em Paulínia, voltando ao assunto que a Mega Kart mais entende, a fábrica de chassis e componentes para o kartismo conquistou vitórias em duas categorias com motorizações diferentes.

No Kartódromo San Marino Internacional Estevan Chef, conduzindo um MX, venceu na categoria F4, enquanto que coube a Luiz Vieira, também com um MX, a vitória na 2T. “Foi um final de semana de novas vitórias e continuamos confirmando a qualidade do chassi MX, que vem vencendo em diversas competições e igualmente em categorias de motores de 125cc”, declaram Ferraz e Ferreira. “O trabalho árduo continua dando resultados para a fábrica e, principalmente, para os pilotos que acreditaram no MX”, encerram.


Comments are closed.