Copa São Paulo Light

Kart Mini faturou a sétima etapa do Campeonato de Chassis do Light


| 9 anos atrás | Por:
Foto: Flávio Quick - Marcos Peli (191) venceu com a Mini na Super Sênior. Atrás dele, Doglas Pierosan (Techspeed) e André Matinha (Birel).

Foto: Flávio Quick – Marcos Peli (191) venceu com a Mini na Super Sênior. Atrás dele, Doglas Pierosan (Techspeed) e André Matinha (Birel).


Pela primeira vez na temporada a hegemonia da Techspeed, que continua líder, foi quebrada

No dia 15 de setembro o Kartódromo Aldeia da Serra voltou à sediar uma etapa da Copa São Paulo Light de Kart. Na ocasião quase 120 pilotos estiveram nas disputas e levaram bastante emoção ao público da cidade de Barueri, na região metropolitana paulista.

Além das disputas isoladas de cada piloto, mais uma vez chamou a atenção a batalha pelo Campeonato de Marcas de Chassis. Atualmente oito marcas tem homologação para participarem das competições nacionais e, deste modo, levando-se em conta os altos investimentos envolvidos, todas elas querem seus produtos nas primeiras posições.

Destaque em toda a temporada a catarinense Techspeed tem dominado o campeonato, com grande vantagem, desde o início da temporada. A briga pela segunda posição, entretanto, está cada vez mais acirrada e mostra a Birel Sudam e a Kart Mini lutando ponto a ponto.

Nesta rodada do Campeonato do mês de setembro, pela primeira vez no ano, a Kart Mini conseguiu a primeira posição. Ao todo a mais tradicional marca do mercado nacional somou 60 pontos nesta sétima etapa contra 54, da Techspeed, que finalizou na segunda posição. A Birel ficou com o terceiro lugar ao somar 36 pontos.

Na pontuação geral do Campeonato, porém, a Techspeed ainda domina com imensa tranquilidade. Ao todo a fábrica comandada pelos irmãos Rogério e Renato Naspolini soma 450 pontos. Na segunda posição aparece a Mini, com 303. A Birel é a terceira com 293 pontos. Daí para trás uma grande diferença leva até a Mega Kart, quarta colocada, com 39 pontos. CRG aparece no quinto lugar com 25, Thunder em sexto, com 10 e, fechando a classificação a ART, com três pontos conquistados.

“Apesar do grande domínio da Techspeed nesta temporada, não apenas de resultados, mas, também, de percentual de karts na pista, os demais concorrentes estão trabalhando bastante. O resultado que a Mini conseguiu vencendo esta rodada mostra a evolução do produto assim como a preocupação dos pilotos de, realmente, trabalharem no fortalecimento da marca. A briga está muito interessantes”, destaca Rafael Cançado, promotor da Copa São Paulo Light.

Foto: Flávio Quick – Marcos Peli (191) venceu com a Mini na Super Sênior. Atrás dele, Doglas Pierosan (Techspeed) e André Matinha (Birel).

Comments are closed.