Quick News

Hotel oficial da Copa SP Light de Kart

Jovens promessas locais desafiam nomes consagrados da modalidade


| 10 anos atrás | Por:

Em Recife, Guilherme Salas e Johilton Pavlak apostam na experiência para buscar uma vaga na grande final da competição

Um dos principais atrativos das provas classificatórias da Seletiva de Kart Petrobras, como a que está sendo disputada neste fim de semana em Recife (PE), é a disputa entre jovens promessas do kartismo nacional e nomes já consagrados na modalidade. E nesta quarta etapa da primeira fase do torneio em 2012, essa regra não teve exceção.

De um lado, Kathleen Gonçalves e Victor Fazekas representam a nova geração de pilotos formados em Pernambuco. Kathleen, de 14 anos de idade, é bicampeã estadual e tenta pela primeira vez participar da final da Seletiva de Kart Petrobras. Fazekas, por sua vez, foi um dos classificados na passagem da competição pelo Recife em 2011 – e disputou a decisão pelo prêmio daquela temporada.

Do outro lado estão pilotos que viajaram até o kartódromo da cidade de Paulista, na região metropolitana de Recife, para garantir presença na final. É o caso de Johilton Pavlak e Guilherme Salas, dois nomes bastante conhecidos no kartismo, com finais de Seletiva no currículo, e até mesmo passagens por categorias como a Fórmula Futuro.

Com um grid de 14 participantes, o que aproxima dos 100 pilotos o número total de competidores disputando uma vaga na fase final do torneio neste ano, a Seletiva de Kart Petrobras tem agitado o kartismo do Recife neste fim de semana – e atingiu todos os objetivos estabelecidos pelo promotor do evento, Binho Carcasci.

“Encontramos exatamente o que esperávamos desta etapa em Pernambuco: uma pista muito bem cuidada, a ótima organização do Campeonato Pernambucano e, acima de tudo, pilotos com muita vontade de disputar a vaga na final. Além disso, vale destacar o encontro de forças do kartismo local com o de outros estados, que é sempre uma das características da Seletiva de Kart Petrobras”, comentou Binho Carcasci, promotor do evento.

“Forasteiros” começam bem – Guilherme Salas, de São Paulo, chega à fase Pernambucana da Seletiva de Kart Petrobras levando na bagagem duas vitórias nas duas últimas etapas do maior campeonato regional de kart do Brasil – a Copa São Paulo Granja Viana. Foi ele, inclusive, quem começou o sábado como favorito durante o primeiro treino para a etapa pernambucana: foi o mais rápido da sessão ainda utilizando motores próprios. A partir do treino desta tarde serão usados os motores sorteados pela organização do Campeonato Pernambucano.

Johilton Pavlak, por sua vez, conta com o apoio de uma torcida especial. Natural de Natal, no Rio Grande do Norte, o piloto aproveitou a proximidade entre sua cidade e a pista-sede da quarta etapa da Seletiva de Kart Petrobras – cerca de 300 km entre as duas capitais – e levou toda a família para o kartódromo.

De volta à ativa – Também disputa a Seletiva de Kart Petrobras neste fim de semana um piloto que, de certa forma, mescla a condição de novo talento com a de figurinha carimbada do esporte. Daniel Saleme competiu durante algumas temporadas nas categorias de base do kartismo – e por elas disputou competições importantes, como o Campeonato Brasileiro da modalidade. Deixou as pistas por algum tempo e agora, morando em Recife, voltou a competir de kart pela categoria Novatos.

A decisão de quem fica com as duas vagas abertas pela Seletiva de Kart Petrobras para esta etapa do Campeonato Pernambucano será neste domingo, dia da grande corrida do fim de semana.

Os dois melhores colocados – dentro da idade exigida pelo regulamento da Seletiva – se juntam a Gabriel Casagrande (PR), Renato Júnior (RJ), Ariel Varella (ES), Ítalo Leão (DF), João Vieira (TO) e Olin Galli (RJ) para a disputa pelo prêmio de R$ 117 mil oferecido pela competição neste ano. A fase final da Seletiva de Kart Petrobras é disputada por 12 pilotos, o que significa que quatro vagas ainda estarão em jogo após a etapa deste fim de semana em Recife.

Comments are closed.