Quick News

João Vieira foi um dos grandes destaques da temporada do Kart


| 7 anos atrás
Foto: Flávio Quick

Foto: Flávio Quick

Sem apoio oficial de nenhuma fábrica, piloto do Tocantins foi quem mais se destacou

No último fim de semana foi encerrada a temporada 2013 do kartismo nacional. Pilotos e equipes de todo o país se reuniram no Kartódromo Beto Carrero Internacional, em Penha, litoral catarinense, para as disputas da terceira edição da Copa de Kart das Federações.

Na competição,realizada pela Confederação Brasileira de Automobilismo – CBA, pilotos e equipes de todo o país buscaram o último título nacional da temporada. O piloto tocantinense João Vieira (Nova Era Móveis Escolares), último campeão da Copa das Federações e da Copa Brasil de Kart, chegou ao evento como um dos favoritos ao título e, para fazer jus a esta indicação, se dedicou muito nos treinos e preparação para as corridas.

Sem apoio de nenhuma fábrica ou preparador de motor o piloto, como sempre acontece, seguiu com o apoio de seu pai Antônio Vieira para a tomada de tempos disposto a lutar de igual para igual pelo título. Na tomada de tempos, por uma diferença de dois décimos de segundo, ele ficou com quarta posição para a largada das provas classificatórias. Na primeira bateria,em uma prova perfeita, ele conseguiu impor um ritmo muito forte e, ao final das 20 voltas, recebeu a bandeirada da vitória.

Na segunda classificatória, com problemas, ele não conseguiu terminar a corridas e, por isso, teve a sua pontuação prejudicada. Mesmo assim, ele garantiu um lugar na segunda fila do grid da final, na quarta posição. Nesta prova, contra os principais e mais velozes pilotos do país, ele travou um verdadeiro duelo. Com defesa de posição e várias ultrapassagens o piloto se mostrou muito maduro na busca pelo título, mas, quando chegou à segunda posição o líder já havia aberto uma distância impossível de ser recuperada. Então, João seguiu no segundo posto e comemorou o vice-campeonato e o prêmio de R$ 3 mil oferecido pela CBA.

“Estou muito feliz em terminar mais um ano de competições. Trabalhamos muito pesado nesta temporada. Tivemos momentos de decepção e outros de muita alegria, mas, o principal, é que nos esforçamos e acreditamos em nosso potencial em todos os momentos. Na Graduado, competir sem o apoio de nenhuma das fábricas é muito difícil, mas, eu mostrei que é possível. Com um esquema que envolve apenas meu pai preparando os motores e o kart, eu pilotando e um mecânico para empurrar conseguimos resultados muito bons. Obrigado a todos pela torcida e, no ano que vem, espero conseguir apoio para, seguir minha carreira rumo às categorias de Fórmula”, comentou o piloto de 16 anos.

Fotos: Flávio Quick

Assessoria de Comunicação do piloto João Ricardo Vieira
Jornalistas Responsáveis: Flávio Quick e Fabiola Cadar
Quick Comunicação e Marketing

Comments are closed.