Quick News

URacer Banner

João Pedro Guim conquistou o Tetra-Campeonato do Super Kart Brasil


| 10 anos atrás | Por:
Foto: Flávio Quick

Foto: Flávio Quick


Mesmo sem o kart mais rápido o mineiro usou da inteligência e regularidade para a conquista

O Kartódromo Ayrton Senna, em Interlagos, São Paulo, recebeu neste final de semana as disputas da sexta edição do Super Kart Brasil. A competição contou com a participação de mais de uma centena de pilotos e o título da classe Júnior Menor ficou com o mineiro João Pedro Guim (Positron | Techspeed | Quake2 | ULV).

Especialista na pista de Interlagos, Guim teve neste evento o desafio de se mostrar também competitivo no sentido anti-horário do traçado. Para isso ele treinou bastante e, junto à equipe Quake2, do preparador “Zé Bolão”, ele conseguiu novamente se destacar.

Diferente de suas outras conquistas no Super Kart Brasil, as duas primeiras no ano passado, na categoria Super Cadete e a terceira, em janeiro deste ano, já na Júnior Menor, Guim não foi o mais rápido da pista em nenhuma ocasião. Mas, a estratégia, a inteligência e um pouco de sorte levaram o garoto de 12 anos ao título, no melhor estilo “Jenson Button”.

Sua participação nesta edição do Campeonato começou com uma descreta sexta posição na tomda de tempos, com uma marca meio segundo mais lenta que o registrado na pole-position. Sem desanimar, em corridas de muito arrojo e principalmente cautela, o piloto foi somando importantes pontos. Nas provas disputadas na sexta-feira (30) ele conseguiu finalizar em quarto a primeira e vencer a segunda, terminando o dia na lidernaça do Campeonato.

Hoje (31), foram realizadas uma nova tomada de tempos, onde o piloto conquistou o nono tempo, ficando quase oito décimos atrás da marca da pole-position. Com um grande trabalho da equipe Quake2 e a sempre positiva participação da família do piloto, João Pedro partiu para as corridas confiante em sua recuperação.

Em duas corridas em que mostrou muita garra e, acima de tudo, espírito de vencedor Guim fez belas ultrapassagens, suportou muita pressão e, com um quarto lugar na terceira bateria e o segundo lugar, na corrida final, ele somou a pontuação necessária e conquistou assim o seu Tetra-Campeonato do Super Kart Brasil.

“Estou muito feliz mesmo. Eu adoro esta pista de Interlagos, é imprecionante como eu dou sorte aqui. Até na corrida que meu kart não era o mais rápido eu consegui vencer. Quero agradecer ao trabalho da minha equipe e, principalmente, à POSITRON, meu novo patrocinador que já chegou dando sorte e conquitando um título”, encerrou o piloto de 12 anos.

Foto: Flávio Quick

Comments are closed.