Quick News

URacer Banner

João Matos viveu Brasileiro de Kart para ser esquecido


| 4 anos atrás | Por:


Piloto mineiro foi vítima de vários toques e, de quatro corridas, completou apenas uma

No último sábado (15) foi encerrada a primeira fase do Campeonato Brasileiro de Kart. As disputas tiveram vez no Kartódromo Beto Carrero Internacional e reuniram quase 300 pilotos na cidade de Penha, no litoral de Santa Catarina.

Competindo pela categoria Júnior o piloto mineiro João Matos (KGS Computers | Tecsul | Mikronix | Gift | Academia Turner Prime) chegou animado à região sul do país em busca de bons resultados em seu primeiro Campeonato Brasileiro nesta categoria. Com um equipamento mais potentes e pneus mais aderentes que na Júnior Menor, classe em que ele competiu até no ano passado, o piloto esteve na pista de Penha no mês passado e treinou bastante em busca de encontrar um acerto ideal.

Matos começou a sua participação no Campeonato na terça-feira (11) com os treinos livres. Foram quatro sessões de 25 minutos onde o piloto da equipe MZ Racing foi melhorando o seu desempenho até figurar entre os 15 mais velozes da pista. A tomada de tempos foi disputada na manhã de quinta feira e, com um rendimento aquém do esperado, João assegurou apenas a 20ª posição no grid.

Sem desanimar a equipe e a RBC Motorsport, responsável pelos motores do piloto, buscaram solucionar o problema no kart de Matos para as baterias classificatórias. Assim, João partiu confiante para as corridas. Na primeira prova, realizada ainda na quinta-feira, o piloto fez uma corrida muito positiva. Ele superou vários concorrentes com ultrapassagens arrojadas e, muito confiante, chegou a estar entre os sete primeiros e acabou recebendo a bandeirada na décima posição.

Para efeitos de registro a participação de Matos no Brasileiro de Kart poderia ter terminado naquele momento. Daí por diante as coisas passaram a dar errado. Na segunda e na terceira classificatórias João sofreu vários toques e teve de abandonar ambas as corridas. Mesmo sem chances de uma boa classificação ele seguiu animado para a Final. Nesta prova, que efetivamente definiria o Campeonato, João completou apenas cinco voltas e, com o motor quebrado, foi obrigado a abandonar o Brasileiro.

“Estou muito desapontado. Me dediquei muito, viemos treinar aqui no mês passado e, quando consegui andar, nosso kart era rápido. De 65 voltas de corridas possíveis eu concluí apenas 14. Agradeço o empenho das pessoas que trabalharam comigo, da torcida e, principalmente, dos meus patrocinadores. Tenho certeza que, no segundo semestre, poderemos buscar melhores resultados”, comentou o piloto da  KGS Computers | Tecsul | Mikronix | Gift | Academia Turner Prime.

Foto: Bruno Gorski – Quick Comunicação

Assessoria de Comunicação do piloto João Matos
Quick Comunicação e Marketing

Comments are closed.