Quick News

Gabriel Paturle teve rodada difícil na segunda do Light


| 7 anos atrás | Por:
Foto: Flávio Quick

Foto: Flávio Quick


Envolto à disputas e alguns toques piloto não conseguiu bom resultado nesta etapa

O piloto mineiro Gabriel Paturle (AMG | Quake2) disputou no último sábado a segunda etapa da Copa São Paulo Light de Kart. A competição foi realizada no Kartódromo Aldeia da Serra, em Barueri, e contou com a participação de 133 pilotos de várias partes do país. Pela classe Júnior, Paturle não conseguiu o mesmo desempenho da primeira rodada do ano e finalizou apenas com a 12ª posição.

Depois do bom desempenho obtido na rodada de abertura do Campeonato, disputada no dia primeiro de fevereiro, Paturle se dedicou aos treinos e preparação física voltadas, sempre, para as suas necessidades durante a pilotagem.

O piloto chegou à São Paulo na manhã de quinta e seguiu direto para a pista. Foram quatro treinos no traçado oficial sendo que, sempre, Paturle esteve entre os três mais velozes do circuito.

No sábado pela manhã ele seguiu direto para a tomada de tempos. Em uma sessão das mais acirradas da história da competição os 13 primeiros colocados ficaram separados por apenas 3 décimos de segundo. Gabriel, com a marca de 42s157 foi o 12º classificado e, com isso, garantiu apenas um lugar na sexta fila do grid.

Diante de uma competitividade tão grande o piloto de Belo Horizonte teve uma primeira bateria muito acirrada. Após boa largada ele pulou para a nona posição ainda na primeira volta. Contudo, no giro seguinte, ele teve seu kart acertado em cheio pelo de um concorrente o que acabou lhe tirando da pista. Gabriel conseguiu voltas, mas, apenas na 17ª posição. De maneira arrojada e muito firme o piloto passou então a buscar sua recuperação. Com belas ultrapassagens ele conseguiu ganhar várias posições e encerrou a bateria no nono lugar.

A segunda bateria foi frustrante. Partindo da quinta fila Gabriel tinha a chance de buscar um resultado melhor, mas, após fechar a primeira volta na oitava posição o piloto recebeu um time penalty por um toque em um concorrente. Esta penalização acabou lhe deixando na última posição, sem a menor chance de recuperação e, com isso, ele encerrou a corrida com o 17º lugar.

“Acho que a penalização foi muito injusta. Já sofri toques muito piores e nada aconteceu. Eu estava com o vice no Campeonato e a penalização me deixou sem marcar pontos nesta etapa. O Light desse ano está muito difícil e não posso perder a chance de pontuar o máximo possível em todas as provas. Não vou desanimar e, se Deus quiser, vamos ganhar no mês que vem”, comentou chateado o piloto.

Fotos: Flávio Quick – Quick Comunicação

Assessoria de comunicação do piloto Gabriel Paturle
Jornalistas Responsáveis: Flávio Quick e Fabiola Cadar
Quick Comunicação e Marketing
Fone: +5531 9955-1420
E-mail: quick@quickcomunicacao.com.br

Comments are closed.