Quick News

Mahogany Personal Care Products Banner

Gabriel Paturle começou ano com pole no Super Kart Brasil


| 7 anos atrás | Por:

Piloto da Birel Sudam / BRAVAR foi o mais rápido na classificação e esteve próximo do pódio

Terminou neste domingo (25) a etapa inaugural do Super Kart Brasil 2015 que, em conjunto com o Campeonato Paulista de Kart realizou sua primeira rodada quádrupla no Kartódromo Aldeia da Serra, em Barueri na região metropolitana paulista. Competindo pela classe Júnior o mineiro Gabriel Paturle (BRAVAR / AMG / Quake2) mostrou toda a sua velocidade quando, de cara, registrou a primeira pole-position do ano deixando atrás dele um grid de mais 20 concorrentes.

Paturle, que segue nesta temporada com o suporte técnico da equipe Quake2, chassis Birel Sudam/BRAVAR e motores IAME fornecidos pela RBC Preparações se sentiu muito à vontade na pista desde os primeiros treinos. Em seu segundo ano na categoria o piloto logo nos treinos já se posicionou entre os mais velozes do traçado e, em todas as sessões, esteve entre os mais rápidos.

A programação de sábado e domingo foi igual sendo representada pela tomada de tempos seguida por duas corridas. Com o tempo de 44s923 Gabriel ficou então com a pole-position colocando uma diferença de mais de um décimo para o segundo colocado. Na primeira corrida, porém, após uma boa largada, seu kart passou a perder um pouco de rendimento e, volta à volta, os concorrentes se aproximavam. Assim, mesmo diante de seus esforços, ele foi superado por dois adversários terminando a bateria na terceira posição. Na segunda prova, ainda no sábado, a participação de Paturle foi interrompida ainda na segunda volta. Gabriel foi atingido em cheio por um adversário e com o kart quebrado teve de abandonar.

A equipe tanto da Quake2 como da RBC trabalhou duro depois das corridas de sábado para resgatar a confiabilidade do equipamento para as atividades de domingo. Acontece, porém, que infelizmente o rendimento do conjunto pirou ainda mais, deixando Gabriel apenas na 15ª posição do grid de domingo. Com a cabeça erguida Gabriel foi para as duas corridas do segundo dia. Na primeira delas, com o kart rendendo ainda bem menos que o esperado, ele terminou somente no 14º lugar. Na segunda corrida, então, após trocar o motor, aí sim os tempos voltaram a baixar e, com isso, Paturle conseguiu boa corrida de recuperação, terminando a última prova na sétima posição.

“Nosso fim de semana começou de forma excepcional, com o chassis, motor e carburador perfeitos. O Gabriel tinha assimilado bem o traçado e a pole foi simplesmente a consequência disso tudo. Infelizmente no decorrer das baterias as coisas acabarem se perdendo um pouco, mas, estou certo que teremos um ano de muitos resultados para comemorar”, comentou Fred Paturle, pai de Gabriel.

Foto: Cris Reis – Quick Comunicação

Comments are closed.