Quick News

Artmix Banner

Gabriel Paturle avalia como positiva sua participação na Copa Brasil de Kart


| 9 anos atrás | Por:
Fotos: Flávio Quick

Fotos: Flávio Quick


Piloto de BH terminou a competição em nono lugar após corridas muito disputadas

O piloto mineiro Gabriel Paturle (Techspeed | AMG | Quake2), da categoria Júnior Menor, encerrou nesta tarde a sua participação na 14ª edição da Copa Brasil de Kart. O evento teve vez no Kartódromo César Francischinni, em Farroupilha – RS, e contou com mais de 150 competidores neste que é considerado o segundo mais importante do kartismo nacional, ficando atrás apenas do Campeonato Brasileiro de Kart.

Representando a cidade de Belo Horizonte Gabriel teve como duvidosa a sua participação no evento até o início da semana. Em período de recuperação de uma lesão nas costelas o piloto de 12 anos disputou a competição no sacrifício. Mesmo com fortes dores o piloto não quis deixar de disputar o evento, principalmente com vistas ao aprendizado proporcionado.

Neste espírito ele deu início à sua preparação nos treinos livres de quarta e quinta-feira. Com a pista molhada ele conseguiu registrar boas marcas e chegou a estar entre os cinco mais velozes da pista. Na sexta-feira, porém, o tempo mudou levando o sol e pista seca para o sul do país.  Ainda em fase de adaptação à Júnior Menor e, continuando com as dores, Gabriel fez o que pode na tomada de tempos e, com a marca de 40s376, registrou o 12º melhor tempo, garantindo assim o direito de largar da sexta fila do grid.

A primeira bateria foi muito disputada. Gabriel fez uma boa largada e seguia ganhando posições. Mas, com forte pressão dos concorrentes passou praticamente toda a corrida envolvido em trocas de posições o que, de certa forma, lhe impediu de buscar os primeiros lugares, finalizando a prova em 11º. Na segunda corrida, disputada na manhã de hoje, Gabriel teve uma excelente participação. Com ultrapassagens muito determinadas e muita garra o piloto ganhou várias posições até receber a bandeirada na quinta posição.

Pela soma dos resultados das duas corridas Gabriel comemorou a nona posição, com seis pontos conquistados. “Foi uma corrida bastante difícil. Eu ainda estou sentindo muitas dores nas costelas, mas, com a ajuda dos médicos e alguns medicamentos consegui fazer as duas corridas. A pista aqui é muito de alta e, a cada curva para direita, doía muito. Consegui ser forte, fazer muitas ultrapassagens principalmente na corrida de hoje, e terminar entre os dez melhores do Brasil foi realmente muito bom”, comentou o piloto.

Fotos: Flávio Quick

Comments are closed.