Quick News

Felipe Drugovich viveu sábado de atuações fortes na 9ª etapa da Copa São Paulo Light


| 8 anos atrás | Por:

Paranaense fez duas ótimas provas de recuperação no Kartódromo Aldeia da Serra

Depois de estar sempre entre os dois pilotos mais rápidos nos treinos oficiais, o paranaense Felipe Drugovich (Diesel Technic | Drugovich | Mahle | Noma) viveu um dia de intensas disputas e de ótimas atuações nas duas provas que compuseram a 9ª etapa da Copa São Paulo Light de Kart. A competição, uma das mais importantes em nível estadual em nosso kartismo, foi realizada no Kartódromo Aldeia da Serra, em Barueri (SP), no último sábado (2).

Em uma tomada de tempos bastante equilibrada, quando vários pilotos se valeram do “vácuo” para marcar sua melhor volta, Drugovich obteve a quarta melhor marca, apenas um décimo de segundo mais lento que o pole, e garantiu um lugar na segunda fila do grid de largada.

A largada da primeira bateria foi bastante tensa, uma vez que várias tentativas resultaram infrutíferas. Na última delas Drugovich enfrentou problemas de visibilidade no sinal de largada e caiu para a 12ª e última posição. “A autorização acabou sendo dada quando estávamos praticamente embaixo do sinal e eu não consegui ver muito bem”, resume Felipe Drugovich, que fez uma bela prova de recuperação para terminar em 4º, várias vezes marcando a melhor volta da corrida. “A Júnior é muito equilibrada e, mesmo marcando melhor volta em cima de melhor volta, ficou difícil chegar nos ponteiros”, explica.

Largando mais uma vez em 4º, Felipe Drugovich novamente teve problemas e caiu para 8º para fazer nova prova de recuperação e receber a bandeirada final em 2º, outra vez dono da melhor volta. Porém, um dos parafusos que sustentam o para-choque traseiro quebrou durante a prova, o que fez com que a peça se soltasse. Logo depois do encerramento da bateria o paranaense acabou punido em razão da peça solta e terminou-a em 10º.

No cômputo geral de pontos, Felipe Drugovich (Diesel Technic | Drugovich | Mahle | Noma) ficou com o 8º lugar na penúltima rodada dupla da Copa São Paulo Light. “O resultado final não reflete o belo desempenho do Felipe nas duas provas, mas estes imprevistos são coisas que acontecem em corridas”, resume Claudio Drugovich, tio de Felipe, piloto que compete na equipe MZ Racing, comandada pelo preparador Mazinho, e utiliza chassis Birel e motores preparados pela RBC.

Comments are closed.