Quick News

Estreante na Cadete, Isabelle Torres viveu novos momentos de aprendizado na final do Top Kart Brasil


| 7 anos atrás | Por:

Competição teve vez no último final de semana em Minas Gerais e reuniu os melhores pilotos do Brasil

No último sábado (30), em Vespasiano (MG), foi disputada a final do Top Kart Brasil, nova competição em caráter nacional do kartismo no Brasil. Com formato inovador, o evento teve duas etapas classificatórias em maio e julho, que revelaram os 12 finalistas de cada categoria. A paranaense Isabelle Torres (Equipe Towers | Acesso Médico) integrou esta seleta lista, chegando ao Kartódromo RBC Racing, palco da grande final, com a terceira colocação entre os finalistas da Cadete.

Os treinos foram positivos para Isabelle Torres, que tem seu kart preparado e ajustado por Fernando Gonzaga. Mas na sexta-feira, dia da tomada de tempos, o resultado não foi o esperado e, assim, a menina largaria da 11ª posição na primeira prova do dia. Uma boa primeira bateria terminou com Isabelle na 11ª posição e na segunda, quando já havia se colocado em posições melhores após ótima recuperação, acabou sendo jogada fora da pista, terminando em 14º.

Na Final, disputada no sábado, Isabelle Torres fez novamente uma boa prova, com disputas aguerridas e ferozes. Na bandeirada, o 12º lugar não traduziu o esforço e a dedicação da jovem piloto dentro da pista e de seu preparador fora dela. “Foi mais uma corrida para o aprendizado da minha pequena piloto”, destaca Aryadne Oikawa, mãe de Isabelle Torres (Equipe Towers | Acesso Médico). “É o ano de estreia dela na Cadete e ter chegado à final de um evento como este, que reúne pilotos de todo o Brasil, no ‘Top 3’ não é nada mau”, avalia.

A própria Isabelle Torres se manifestou a respeito de sua participação na final do Top Kart Brasil, encarando o resultado de forma muito positiva. “Infelizmente não foi desta vez. Terminei em 12º, pegando um motor que não atendia ao nosso esforço”, disse ela, referindo-se ao fato de que os motores de sua categoria são fornecidos pelos organizadores em sistema de sorteio. “Mas com essa derrota vou aprendendo mais. E mais”, finalizou.

Comments are closed.