Quick News

MG Tires Banner

Campeonato Regional da Serra de Kart retorna na próxima semana e espera recorde de inscritos


| 7 anos atrás | Por:

2ª etapa será em Farroupilha e campanha de recolhimento de alimentos e agasalhos continua

Com a expectativa de superar seu próprio recorde de inscritos – 77 na primeira rodada do ano -, o Campeonato Regional da Serra volta à ativa daqui a dois finais de semana, quando terá a disputa de sua 2ª etapa em Farroupilha (RS), nos dias 24 e 25 de maio. As expectativas giram em torno de 90 pilotos, número que poderá ser alcançado também em função da decisão da Copa Iame Tag, que revelará dois classificados ao Iame International Finals, o mundial da categoria, a ser disputado na França.

Um classificado será o campeão da divisão principal, a Iame Tag, e o outro será um “sortudo”, que ganhará sua vaga através de sorteio entre todos os pilotos que tiverem participado das duas etapas da Copa, a primeira delas no Beto Carrero no final de fevereiro. A participação na Iame International Finals, orçada em cerca de 6 mil euros (valor que inclui equipamento completo, serviços de equipe e passagem aérea), será bancada pela Iame Brasil e aos pilotos caberá apenas pagar despesas pessoais, alimentação e hospedagem.

Mas não é apenas em função da decisão da Copa Iame Tag que a 2ª etapa do Regional da Serra deverá bater recorde. A competição por si só se mantém em alta desde sua criação em 2011 por Carlos Giacomello e pelo preparador Bepi, e a partir de 2013 passou a voar mais alto, com a direção de um novo promotor, Erno Drehmer.

Sempre com etapas muito bem organizadas em parceria com o Farroupilha Kart Clube, o Regional da Serra busca – e consegue – oferecer custos baixos aos pilotos. Com uma taxa de inscrição barata – R$ 70,00 para a Cadete e R$ 270,00 para as demais -, liberação de pneus novos ou usados e combustível a preço justo, o evento caiu no gosto dos pilotos do Rio Grande do Sul e também de representantes catarinenses.

Participam do Regional da Serra as categorias Cadete e Pró 400 (ambas com motores sorteados, fornecidos pela Pablo Racing), Speed Kart, Fireball, Tag e Graduados e Sênior, as duas últimas com motores que seguem o Regulamento Nacional de Kart.

Premiação – Repetindo a temporada passada, o Regional da Serra oferece aos participantes uma premiação nunca antes vista no kartismo do Rio Grande do Sul, que este ano chega a R$ 50 mil. Dentre os prêmios estão chassis oferecidos pela Birel Sudam, Kart Mini, Mega Kart e Techspeed, além de diversos outros produtos obtidos através de parceria com as principais empresas que atuam no kartismo nacional.

O Campeonato Regional da Serra é apoiado pelas empresas Bepi Kart, Birel Sudam, Ciabe, Fórmula Júnior, Grupo Uniserv, IR Criações, JB Parts (Ibea e JB Righetti), Kart Mini, Kart Shop, Matias Racing School, Mega Kart, Meg Star, MG Pneus, NA Carrera, Pablo Racing, Paralego, P Racing, RBC Preparações, Speed Pneus, Techspeed, TKR, ULV e VLL Confecções Esportivas.

Inscrições abertas – O Portal Kart Motor é o veículo de comunicação oficial do Regional da Serra e nele é possível ter acesso aos principais documentos sobre o campeonato, bem como encaminhar a inscrição antecipada. Mais informações podem ser obtidas pelo fone (51) 8162.8478. A programação, como sempre, prevê treinos na sexta-feira e sábado, dias 23 e 24, e a tomada de tempos e as provas no domingo.

“É muito importante que os pilotos que não correram a primeira etapa façam sua inscrição antecipada para podermos dimensionar a programação, especialmente os que virão de Santa Catarina e Paraná para disputar a final da Copa Iame Tag. Talvez seja necessário dividir a categoria e fazer valer a Iame Tag e Iame Tag Super competindo separadas, já que temos fortes expectativas de passar de 30 pilotos”, explica Drehmer. “E os que correram a primeira etapa e vão para a segunda, por favor, confirmem pelo email contato@kartmotor.com.br. Estes não precisam se inscrever novamente, a ficha já está pronta”, esclarece.

Mutirão – na etapa de abertura do Regional da Serra, em março, mais de 100 quilos de alimentos não perecíveis foram arrecadados com os participantes da competição e depois entregues ao Lar São Vicente de Paula, de Novo Hamburgo.

O pedido dos organizadores é para que as doações se repitam – e aumentem – nesta segunda etapa, e sejam acrescidas de roupas, cobertores e edredons, que ajudarão os mais necessitados a enfrentar um inverno que deverá ser bastante rigoroso. “Gostaríamos de dobrar as doações, quem trouxe um quilo que traga, se puder, dois quilos. Já temos outros lugares onde levar as doações, onde as pessoas são ainda mais necessitadas, realmente pobres, e cada quilo fará uma diferença enorme para cada um deles”, conclama Erno Drehmer. “E não esqueçam do agasalho, o frio será forte neste inverno”, emenda.

Comments are closed.