Quick News

Corsa Racing Banner

Bruno Baptista é bicampeão do GP RBC


| 8 anos atrás | Por:

O primo Rodrigo Baptista termina o evento em terceiro

O ano não podia terminar melhor para o jovem Bruno Baptista (TekBond), que garantiu o título de bicampeão no Grande Prêmio Nacional RBC de Kart, grande evento de final de temporada que reúne os melhores pilotos do país nas provas com motores sorteados. No Kartódromo Ayrton Senna, em Interlagos (zona sul de São Paulo), ele largou da pole position na categoria Sprinter e venceu no domingo (08/12) as duas baterias de ponta a ponta, assegurando o título pelo segundo ano consecutivo.

“Trabalhamos bastante e conseguimos mais uma vez este título, na frente dos melhores pilotos do Brasil”, comemorou Baptista, que somou 20 pontos. O vice-campeonato ficou com Erick Lutum, com 13, apenas um ponto na frente de Rodrigo Baptista (SPFC), primo e companheiro de equipe de Bruno, que subiu ao pódio em terceiro.

No treino de classificação para as provas de encerramento da temporada do kartismo, Bruno Baptista estabeleceu a pole position com a larga vantagem de 0s208 sobre Erick Lutum, o segundo no grid. Rodrigo Baptista ficou com a sétima marca.

“Depois do sorteio dos motores, descobri que iria usar o mesmo que equipou o kart do mineiro Evandro Bambirra, que voou no sábado e merecidamente conquistou o título da Copa São Paulo Light de Kart, me deixando como vice-campeão. Então, esta pole mostrou que havíamos feito tudo certo e só não fui campeão por falta de sorte no sorteio de sábado. Fui vice, mas com gostinho de campeão”, comentou Bruno logo que saiu de seu kart Mini.

Na primeira bateria Bruno largou bem e venceu de ponta a ponta, deixando Lucas Villela em segundo e seu primo Rodrigo em terceiro. A segunda prova foi uma repetição, com Erick Lutum em segundo e Rodrigo novamente em terceiro.

“Foi um bom resultado. O meu kart deu uma melhorada em relação ao treino classificatório, mas não estava tão bom para brigar pela vitória. Tive que brigar muito para terminar as duas corridas em terceiro, o que não é ruim”, assegura Rodrigo, que no sábado havia terminado a temporada da Copa São Paulo Light de Kart na quarta posição.

“Fechamos a temporada com chave de ouro por merecimento dos pilotos e da Nelsinho Competições. Perdemos o título do Light de Kart por causa do motor, e por ironia usamos o motor campeão hoje, que nos deu o outro título”, disse Marcelo Piedade, ‘coach’ dos primos Baptista.

“Só tenho que elogiar os pilotos e agradecer aos mecânicos. O trabalho foi muito bem feito e dificilmente vemos uma equipe colocar dois pilotos que correm na mesma categoria para andarem de forma tão competitiva, dividindo vitórias e títulos. Acho que nossos objetivos foram alcançados”, encerrou.

Comments are closed.