Quick News

Batida tirou Gabriel Paturle da luta pelo titulo do Light


| 8 anos atrás | Por:
Foto: Flávio Quick

Foto: Flávio Quick

Copa SP de Kart teve, no sábado passado, penúltima rodada do ano na Aldeia da Serra

No último sábado, dia dois, o Kartódromo Aldeia da Serra recebeu pilotos e equipes de todas as regiões do Brasil para as disputas da penúltima rodada da Copa São Paulo Light de Kart. Quase 100 competidores participaram das provas que, em sistema de rodada dupla, definiram efetivamente quem estará na briga direta pelo título.

Competindo pela classe Júnior Menor o mineiro Gabriel Paturle (AMG | Quake2) chegou a esta etapa com possibilidades de recuperação e, acima de tudo, continuar acreditando na luta pelo título. Com este objetivo em mente ele treinou duro e, mesmo vindo de uma forte infecção de garganta, que lhe deixou de cama na terça e quarta-feira, o piloto se dedicou como poucos à preparação para esta rodada.

No sábado pela manhã os karts tomaram a pista para a tomada de tempos como primeira atividade do dia. Como já se tornou uma tradição os tempos dos primeiros colocados estiveram todos muito próximos e, com a marca de 42s851 Paturle ficou com o sexto tempo, a menos de dois décimos do estabelecido pelo pole-position. Apesar da posição não estar muito favorável Gabriel sabia que estava na briga e, desta forma, seguiu confiante para as corridas.

Na primeira bateria, após uma boa largada, Paturle conseguiu ganhar duas posições e já vinha no quarto lugar. Determinado ele embutiu na cola do terceiro colocado e, na terceira volta, vinha em condições de ultrapassá-lo. Na entrada da reta dos boxes, porém, os dois pilotos acabaram se chocando e Gabriel foi obrigado a abandonar.

Indignado com a situação e tendo de largar da última posição Paturle seguiu então para a segunda bateria. Mais uma vez o piloto mostrou todo o seu profissionalismo e, em corrida de recuperação, conseguiu superar vários concorrentes. Rápido e constante ele ganhou oito posições e recebeu a bandeirada final no sexto lugar.

“Fiquei muito triste com a batida na primeira corrida. Tive uma semana difícil, eu estava doente e quase não vim para São Paulo. Preparamos tudo direitinho, o kart estava legal e eu tinha certeza que, pelo menos entre os três, eu iria terminar. Infelizmente nós batemos, faz parte das corridas. Vou continuar treinando e vamos firmes para a última etapa e o GP RBC”, comentou resignado o piloto.

Foto: Flávio Quick – Quick Comunicação

Assessoria de comunicação do piloto Gabriel Paturle
Jornalistas Responsáveis: Flávio Quick e Fabiola Cadar
Quick Comunicação e Marketing
Fone: +5531 9955-1420
E-mail: quick@quickcomunicacao.com.br

Comments are closed.