Quick News

Batida tirou Francisco Marques da final do SKUSA 2013


| 8 anos atrás | Por:
Foto: Flávio Quick

Foto: Flávio Quick

Piloto do Distrito Federal competiu de kart em Las Vegas, na última semana

De forma prematura e bastante decepcionante foi encerrada a participação do piloto brasileiro Francisco Marques (WPos | Lust Watches | Bony Açai | VIA | Motul | Nitro Race), de Brasília, na 17ª do SKUSA – Superkarts USA. Por mais uma ano a competição teve vez na cidade de Las Vegas, na região meio-oeste dos Estados Unidos, entre os dias 20 e 24 de novembro. Mais uma vez o torneio se mostrou o maior do mundo em participação bateu o seu próprio recorde com um total de 605 pilotos.

Em seu segundo ano no SKUSA, desta vez Marques optou por contar com o suporte técnico de um time com filosofia brasileira. A equipe Orsolon Racing, comandada pelo ex-piloto Fábio Orsolon, do Rio de Janeiro, acolheu o brasileiro e lhe proporcionou a possibilidade de competir com um chassis italiano Kosmic e motores Vortex.

Com trabalho e dedicação o piloto teve ao todo oito sessões livres para desenvolver o seu equipamento antes da tomada de tempos. Porém, só pôde utilizar três delas. A partir do segundo dia do evento até no sábado uma insistente chuva assolou a região desértica de Las Vegas. O problema,porém, além da pista molhada, foi que a maioria dos competidores não dispunha de pneus de chuva e, os organizadores, por sua vez, não tinham estoque suficiente para a venda.

Desta forma, sem ter um equipamento adequado para o tipo de piso, Marques não fez as três sessões livres da quinta-feira e, na sexta, seguiu praticamente às cegas para a tomada de tempos. Mesmo assim, com a determinação de sempre, o piloto foi para a pista e, com a marca de 1m04s794 garantiu a posição 28 para a largada das corridas classificatórias.

Ao todo foram três baterias classificatórias sendo a primeira disputada ainda na tarde de sexta-feira e, as outras duas, no sábado. Partindo sempre de uma posição muito tumultuada no grid, que foi composto de 45 karts, Francisco não conseguiu mostrar seu potencial e, diante de corridas extremamente acidentadas e concorrentes que não praticavam uma pilotagem “limpa” ele acabou se tornando vítima de toques e batidas conseguindo terminar apenas a segunda classificatória na 15ª posição.

Frustrado com o desenrolar das atividades Marques alinhou seu kart para a final, de domingo. Com o sol brilhando e pista seca era o momento certo para o piloto colocar sua habilidade em prática. Acontece, porém, que a sua participação não passou da volta de apresentação. Quando os karts vinham alinhados para a largada, já na reta principal, a luz verde acabou não sendo acionado e um concorrente, que vinha atrás do brasileiro, achou que a largada tivesse acontecido e atingiu em cheio a traseira de Marques, obrigando-o a abandonar a corrida.

“Foi um final de semana daqueles para ser esquecido. Começamos bem, depois tivemos muitos problemas na chuva e, nas corridas, foi um caos completo. Na única hora que consegui andar direitinho, que foi na segunda classificatória, ganhei 13 posições. Eu estou certo que poderia ter brigado entre 0s 10 primeiros não fossem as batidas. Realmente fiquei muito frustrado com minha participação neste ano”, comentou o piloto.

Fotos: Flávio Quick – Divulgação

Assessoria de comunicação do piloto Francisco Marques
Jornalistas Responsáveis: Flávio Quick e Fabiola Cadar
Quick Comunicação e Marketing
Fone: +5531 9955-1420
E-mail: quick@quickcomunicacao.com.br

Comments are closed.