Quick News

Hotel oficial da Copa SP Light de Kart

Atitude anti-desportiva tirou chances de vitória de Sinder Bitton Neto.


| 9 anos atrás | Por:

 

Neste último sábado (3) foi realizada a 2ª etapa do Light no Kartódromo Aldeia da Serra, onde Sinder Bitton Neto (Outback | Parmê | Bendita Fruta | Tropical Hortifrut | IMM Impermeabilizações | Kartódromo de Volta Redonda | ONS | Birel) foi prejudicado ao ser atingido e jogado para fora na última volta, perdendo assim a chance de lutar pela vitória.

Sindinho, que chegou a cidade paulistana na quarta-feira (29), deu inicio aos seus treinamentos junto com sua equipe, quando procurou sempre passar as informações necessárias para que seu equipamento viesse a ficar bem acertado. Por ter sido vencedor da primeira etapa, Sindinho carregava um lastro de três quilos. Já na sexta feira, no último treino da tarde, com os motores que seriam usados na corrida, o piloto carioca conseguiu a 4ª colocação.

No sábado o piloto carioca foi determinado para tomada de tempo e ficou com a 2ª colocação, perdendo a pole por apenas 85 milésimos de segundo. Largando por fora, se posicionou bem e ao fazer a curva do final da reta, conseguiu se sair ainda melhor, assumindo a liderança da prova. Em uma corrida muito disputada, que só foi decidida na última volta e onde houveram vários toques na tentativa de ultrapassagem, ele conseguiu chegar na 5ª colocação. Na segunda bateria, Sindinho largou bem e se manteve na 5ª posição. Daí em diante fez uma corrida maravilhosa, veio fazendo as ultrapassagens de forma limpa até assumir a liderança. Mas, quando faltava uma volta, foi jogado para fora da pista, não tendo chance de lutar pela vitória.

“Acho que os comissários da FASP deveriam ter critérios, serem mas rigorosos e penalizar aqueles que realmente mereçam ser penalizados, porque é triste ver um trabalho que é feito durante todo o mês que antecede a cada corrida acabar com um toque ou uma atitude anti-desportiva. E, pior, não acontecer nada com o piloto que foi anti-desportivo. Acho que os comissários da FASP estão estimulando esse tipo de comportamento. Só espero que daqui por diante isso não vire regra. Para se ganhar uma corrida teremos também que ser mau caráter?”, pergunta Sinder Bitton, pai de Sindinho.

Comments are closed.