Quick News

4BTS

Após liderar treinos, João Vieira sofreu batida na final do SKUSA


| 9 anos atrás | Por:

Problemas de carburador, na tomada de tempos, também atrapalharam desempenho do piloto

No último domingo, dia 18, o piloto brasileiro João Vieira (Nova Era Móveis Escolares) encerrou a sua terceira participação no SKUSA – Supernationals, a maior competição do kartismo nas Américas.

Campeão da edição 2010 e, pole-position em 2011, Vieira chegou ao evento como um dos fortes candidatos ao título e, mais do que isso, com a expectativa de voltar a levar o Brasil ao alto do pódio.

Assim como nos anos anteriores a competição foi disputada em uma mega estrutura montada no estacionamento do Rio All-Suites Hotel e Casino, em Las Vegas. Participaram desta edição 478 competidores divididos em nove categorias distintas. Em uma das classes mais numerosas Vieira disputou a TaG Junior. Ao todo esta classe reuniu 80 pilotos. Para disputar o evento João fez parte do time oficial da fábrica KOSMIC, nos Estados Unidos. Com chassis desta marca, motores IAME e pneus MG Tires o garoto de 14 anos seguiu para a competição com “fome” de vitória.

Muito rápido desde os primeiros treinos Vieira esteve sempre no primeiro pelotão no
primeiro dia e, no quarto treino livre, sessão que definiu os grupos para a tomada de tempos, ele liderou os tempos no geral, garantindo assim o primeiro lugar da categoria. No segundo dia de treinos, já no grupo dos pilotos mais velozes, Vieira esteve sempre no Top10, ficando desta forma animado para a tomada de tempos, que seria disputada na manhã seguinte.

Na sessão classificatória o piloto sentiu que seu kart não apresenta o mesmo rendimento dos treinos, mas, sem ter como parar para manutenção o piloto seguiu dando o seu melhor e, com a marca de 47s060 fez o 13º tempo, garantindo assim um lugar para as classificatórias na quarta fila do grupo A. “Infelizmente, depois da tomada, descobrimos que uma parte da espuma do filtro de ar foi montada dobrada, impedindo que o ar passasse direto para o carburador. O kart estava bom, mas, rendia menos. Com certeza eu teria chance de ficar entre os cinco mais rápidos, comentou o piloto de 14 anos.

Nas três classificatórias que participou João fez provas de recuperação e foi construindo uma boa posição de largada para a final. Com um 11º, um quarto e um quinto lugares João se classificou para largar na final na quinta fila, na nona posição.
Infelizmente, porém, sua busca pelo bicampeonato do SKUSA terminou ainda na primeira curva. Pior ainda, num incidente entre pilotos brasileiros. Pedro Cardoso, que largava em 11º fez uma boa largada e se emparelhou com João e Vitor Baptista, que largara em oitavo. Acontece, porém, que a freada para a curva um é muito forte e os pilotos acabaram se enroscando e batendo, ficando para trás do pelotão. Vieira ainda conseguiu voltar para a pista, mas, com o kart avariado completou apenas nove voltas e foi obrigado a abandonar.

“Infelizmente não conseguimos a posição que esperávamos na tomada e, com isso, nas classificatórias tive de me recuperar ficando meio longe das primeiras posições. Eu ainda acreditava que poderia lutar pelo título, mas, a batida na primeira curva da final jogou todo o trabalho por terra. Fica a experiência e, além disso, o convite que recebi para, no início do ano, disputar o Flórida Winter Tour, competição que reúne cerca de 300 karts nos três primeiros meses de 2013”, comentou resignado o piloto de Palmas.

Fotos: Flávio Quick – Divulgação

Comments are closed.