Quick News

Artmix Banner

Apesar de bom rendimento, João Pedro Guim foi prejudicado no Light


| 9 anos atrás | Por:
Foto: Ricardo Fávaro

Foto: Ricardo Fávaro


No último sábado (03) o piloto mineiro João Pedro Guim (Karcher | Positron | Techspeed | Quake2 | ULV), da categoria Júnior Menor, disputou a segunda etapa da Copa São Paulo Light de Kart. No Kartódromo Aldeia da Serra, em Barueri, região metropolitana paulista, o garoto de 12 anos encarou os principais concorrentes de sua classe no país.

Após vários dias de treinos e com a sua mudança para São Paulo o piloto estava mais animado que nunca para competir e, agora, mostrar sua habilidade na cidade em que mora com a família. Para que isso pudesse acontecer ele se preparou como poucos e com muita dedicação e apoio de seu time ele se considerava pronto para mais este desafio.

Na manhã de sábado os pilotos da sua classe entraram na pista direto para a tomada de tempos e, com o tempo de 44s598 ele ficou com a terceira posição do grid, a menos de dois décimos de diferença para a o pole-position.

A primeira corrida foi realizada logo após e, disposto a lutar pela vitória, Guim fez uma grande largada, mas, tocado por um concorrente na primeira curva acabou esbarrando em um outro kart e ambos saíram da pista. Muito atrás do primeiro pelotão o piloto ainda voltou para a pista e conseguiu finalizar a prova na décima posição. Na segunda bateria, disputada no início da tarde, Guim novamente fez uma boa largada, mas, na terceira curva, ainda com os pneus frios, acabou perdendo o controle do kart e saindo da pista. Ele fez uma bela corrida de recuperação, chegou a liderar várias voltas e travou um grande duelo com Murilo Colleta pela liderança. No final terminou na terceira posição. Mas, para seu desapontamento, foi penalizado pelos comissários da corrida em 20 segundos pelo incidente na primeira volta. Com isso ele finalizou a corrida apenas na 11ª posição.

“Estamos realmente muito desapontados com a punição que o João Pedro recebeu. Os comissários que estavam na prova são completamente despreparados e não tem o menor critério. Ao se sentirem pressionados por alguns pais, acabaram tomando atitudes precipitadas, sem analisar completamente os fatos. Fomos penalizados por uma manobra que aconteceu de forma idêntica em outras categorias e nada aconteceu. Em minha opinião o único que se excluí desta situação é o Christian, diretor de prova. Ele me parece uma pessoa séria. Tentou analisar todos os fatos, mas, não teve o menor poder de decisão perante os comissários. Acho que um dos motivos que a CBA e as federações estão nitidamente perdendo pilotos para os campeonatos internacionais é o despreparo destes comissários”, desabafou Claufer Machado, pai do piloto.

O próximo compromisso de João Pedro será em seu estado natal. Entre os dias 23 e 25 deste mês o garoto irá competir no GP Nacional de Kart. Ele, que foi campeão do ano passado, pretende buscar o Bi-Campeonato no evento que será realizado no Kartódromo RBC Racing, em Vespasiano – Grande BH.

Foto: Flávio Quick – Divulgação

Comments are closed.