Quick News

Artmix Banner

Acidente tira João Vieira do pódio do Grande Prêmio das Américas de Kart


| 9 anos atrás | Por:


Piloto ocupava terceiro lugar na Pré-Final quando foi tocado e capotou, abandonando a disputa

Terminou neste domingo, dia 12, a segunda edição do Grande Prêmio das Américas, de Kart. A competição, disputada em Cancún, no México, reuniu pilotos de todos os países das Américas e foi acompanhada por vários dirigentes do automobilismo mundial, inclusive Jean Todt, atual presidente da FIA – Federação Internacional de Automobilismo.

Representando o Brasil, após ter conquistado o direito de participação ao sagrar-se Campeão da Copa das Federação de Kart, o tocantinense João Vieira (Nova Era Móveis Escolares | Mini), de 14 anos, foi um dos grandes destaques da competição. Com determinação e a experiência de oito anos nas pistas, o piloto andou muito rápido e foi um dos fortes candidatos ao título.

Todos os participantes da competição utilizaram chassis CRG e motores Rotax. Para João, que no Brasil compete de Kart Mini e motores Parilla, esta primeira dificuldade foi superada rapidamente, logo nos primeiros treinos. Porém, o que mais incomodou ao brasileiro foi a mudança de pneus. Com compostos muito mais “duros” que os utilizados por aqui, Vieira chegou a comentar que em determinadas situações era possível ser mais rápido com pneus usados que com os novos.

Vieira começou as atividades se adaptando à pista, montada de forma provisória no traçado do autódromo local. Apesar de não permanente a pista era muito veloz o que a tornava bastante perigosa em alguns pontos. Com o passar das atividades o piloto foi melhorando seu desempenho e seguiu confiante para a tomada de tempos.

Dentre os quase 30 concorrentes de sua classe João conseguiu se classificar muito bem na tomada de tempos, mas, uma diferença na medição da bitola traseira de seu kart acabou por eliminá-lo desta sessão, obrigando-o a partir da última posição na corrida classificatória.

Nesta bateria classificatória, por sua vez, Vieira conseguiu colocar em prática toda a sua experiência. Com muita garra e determinação o piloto conseguiu uma bela prova de recuperação. Após largar do último lugar ele escalou mais da metade do pelotão e, ao final da prova, recebeu a bandeirada no nono lugar.

Com este resultado o piloto estava de volta à briga e, com isso, alinhou seu kart na quinta fila para a largada da Pré-Final. Mais uma vez João conseguiu uma boa partida e começou a recuperação. Na metade da bateria ele já era o quinto colocado. Faltando quatro voltas para o final, quando já estava na terceira posição, João recebeu um forte toque em sua traseira. Com o impacto o kart do brasileiro bateu com força na barreira de proteção da pista e acabou capotando no meio do traçado. Apesar de muito feio visualmente o acidente não teve graves consequências, mas, com fortes dores na mão direita João foi orientado pela comissão médica da prova para não largar na bateria final.

“Acho que consegui representar bem o Brasil. Enquanto estive na pista dei o meu melhor. Fiquei feliz também em receber a visita do Jean Todt em nosso box. Tivemos o problema na tomada de tempos, mas, me recuperei bastante na corrida classificatória e, na Pré-Final, eu já estava em terceiro. Tinha todas as condições de brigar pelo título, mas, infelizmente tivemos o acidente. Fiquei bastante impressionado que, diferente do acontece por aqui, o piloto que me tocou na pista fez questão de ir até nosso box, perguntar como eu estava e realmente se desculpou muito. Foi uma pena o acontecido e acho que, certamente, eu poderia ter conquistado este título”, comentou o piloto de 14 anos.

Fotos: Divulgação – João Vieira foi cumprimentado por Jean Todt, presidente da FIA. Na outra imagem, João empunhando a bandeira do Brasil na apresentação oficial dos pilotos.

Comments are closed.