Copa São Paulo Light

Sétima do Light recebeu quase 130 pilotos em Aldeia da Serra


| 81 dias atrás | Por:


Corridas muito disputadas marcaram rodada, também válida pela Seletiva Petrobras

O Kartódromo Aldeia da Serra, em Barueri, na região metropolitana de São Paulo, recebeu no último sábado (23) as disputas da sétima rodada da Copa São Paulo Light de Kart. Na pista, 128 pilotos de diferentes regiões do Brasil buscaram os melhores resultados e, sobretudo, a última preparação para a Copa Brasil de Kart, competição que terá vez no mês que vem, na Paraíba.

Em um dia de muito calor e tempo seco, condições normais para a época do ano, a competitividade foi o ponto alto da rodada. Os motores sorteados pela RBC Motorsport trouxeram a similaridade aos gris fazendo, assim, com que pilotos e equipes tivessem de realmente suar o macacão em busca das vitórias.

A programação começou com as provas da categoria Mirim. O brasiliense Gabriel Koenigkan, atual Campeão Brasileiro, iniciou o dia marcando a pole-position. Nas corridas, as brigas foram muito intensas e acabaram sendo polarizadas entre ele e o gaúcho Heitor Dall’Agnoll. Heitor venceu a primeira, Gabriel venceu a segunda e, pela soma dos resultados, Dall’Agnoll foi ao pódio na primeira posição com Koenigkan em segundo e Enzo Vidmontiene, no terceiro lugar.

24 pilotos fizeram o maior grid do dia formando assim as provas da categoria Cadete. Vinícius Tessaro, também de Brasília, partiu da pole-position ao estabelecer a marca de 38s691. Nas duas corridas as disputas foram muito intensas. Várias trocas de posição na liderança e, ao final, Heitor Abitante, com a vitória na primeira corrida e a segunda posição, na segunda, foi ao alto do pódio. Ao seu lado, na segunda posição, ficou o carioca José Augusto seguido por Matheus Ferreira.

As provas da categoria Júnior Menor também se destacaram pelas fortes disputas. João Pedro Maia registrou a pole-position, mas, o grande destaque do dia ficou com o Pernambucano Rafael Câmara. O piloto do kart #188 venceu as duas corridas com tranquilidade e comemorou muito no alto do pódio. Lucas Staico, de Belo Horizonte, ficou com a segunda colocação na soma das corridas e João Victor Camargo o terceiro lugar.

Na Júnior, vivenciando excelente fase na temporada, Felipe Baptista garantiu a pole-position. Nas corridas, porém, outros nomes apareceram fortes como o de Pedro Lopes, vencedor da primeira corrida ou o de Nicolas Fabris, vencedor da segunda. Na soma dos resultados, porém, o lugar mais alto do pódio ficou com Diego Ramos seguido por José Mugiatti Neto e Pedro Lopes, em terceiro.

Encerrando as disputas da manhã os pilotos da Sprinter tomaram o traçado sob a liderança do carioca João Renato Corbelini, o pole-position. As provas, muito acirradas nas duas baterias, deixaram clara a situação de um traçado seletivo e muito desafiador. A vitória ficou com Luiz Otávio Floss que acumulou um primeiro e um segundo lugares. Richard Annunziatta ficou com o segundo posto e João Felipe Marques o terceiro lugar.

Passadas as festividades dos pódios da manhã os pilotos da categoria Graduado assumiram o traçado. 17 pilotos se alinharam no grid que teve na primeira posição o multicampeão André Nicastro. As disputas, em virtude das vagas para a Seletiva Petrobras, acabaram sendo divididas na pista. Uma disputa era a visível, com todos os pilotos e, a outro, com os jovens até 18 anos que concorriam às vagas. Murilo Coletta venceu a primeira corrida e, com isso, garantiu também sua vaga na Seletiva. Na segunda prova, vindo da terceira posição, foi a vez de Vinícius Ponce vencer e também assegura a sua vaga. A terceira vaga ficou com Enzo Elias, piloto que somou mais pontos excluindo-se os dois primeiros. No pódio geral da etapa a primeira posição ficou com Ponce seguido por Murilo e Marcel Coletta, em terceiro.

Sênior “A” e “B” reuniram um grid de 11 pilotos. Alessandro Xavier, de Curitiba, assegurou a pole-position com a marca de 34s443. De forma muito apertada o piloto conseguiu uma boa corrida e venceu a primeira bateria. Na segunda prova foi a vez de Alain Sisdelli vencer. No pódio da “A”, quem subiu no degrau mais alto foi Sisdelli, que somou 19 pontos. Danilo Ramalho ficou em segundo e Xavier, em terceiro. Pela divisão “B” o primeiro lugar nesta sétima rodada ficou com o Campeão Brasileiro Marcelo Brandão seguido por Rodrigo Morelli e Ricardo Perdiz.

Apesar a idade um pouco mais avançada, todos com mais de 45 anos, as disputas da categoria Super Sênior foram muito emocionantes. Vários pegas, trocas e posições e até mesmo toques deixaram empolgado o bom público presente na pista. Por uma diferença de dois milésimos Ricardo Thomazi garantiu a pole-position. Com a vitória na segunda bateria e um terceiro lugar, na primeira, José Augusto Dias foi o grande vencedor da rodada. Ele foi seguido no pódio por Markenson Marques e Ricardo Thomazi.

Encerrando as atividades os pilotos da F4, com suas divisões Graduado e Sênior, assumiram a pista de Barueri. João Cunha largou da pole-position ao estabelecer uma marca dois décimos mais veloz que a do segundo colocado. De forma muito tranquila ele venceu as duas corridas e somou a pontuação máxima da rodada trazendo Giuliano Forcolin em segundo e Sinder Bitton Neto, em terceiro. Pela divisão Sênior o primeiro lugar ficou com Luciano Tauê, a segunda posição com Rodrigo Anzanello e o terceiro lugar com Luciano Lavalle Filho.

O Light retomará o seu calendário para a oitava rodada no dia 28 de outubro novamente no Kartódromo Aldeia da Serra, em Barueri.

Fotos: Jackson de Souza – Quick Comunicação

Assessoria de Comunicação da RBC Motorsport
Quick Comunicação e Marketing

Comments are closed.